Guia: Quanto custa uma viagem para Índia?

2
376
Quanto custa uma viagem para Índia

Uma viagem para Índia é super indicada para você que está em busca de aprender sobre outras formas de ver e vivenciar o mundo. Ou para você que está cansado dos “mesmos estilos de viagem”.

Falo isso porque antes de pisar na Índia eu tinha a ilusão de ser um ‘pessoa viajada’. Tá certo que conheço mais de metade da Europa, algumas cidades dos EUA, alguns lugares da Ásia, como Japão, Hong Kong e Macau mas isso não quer dizer muita coisa. Acredite!

No final das contas todas as minhas viagens parecem que foram para o mesmo “estilo” de destino. Foi esse o sentimento que tive depois de ter pisado na Índia. Confesso que essa foi uma sensação estranha mas libertadora.Quando custa uma viagem para Índia

Nunca podemos achar que sabemos de mais ou que já vivemos e vivenciamos coisas demais pois a vida trata de dar um jeito de baixar a bola do nosso ego.

Eu mencionei aqui no blog e nas minhas redes sociais que se você acha que está precisando de uma “sacudida” na sua vida. Sério! Você definitavamente deveria fazer um viagem para a Índia.

O lugar mexeu com minha forma de pensar, de ver o mundo e a minha vida. E depois que voltei da Índia eu nunca mais fui a mesma pessoa (e nem quero). Minha vida começou a caminhar para um rumo muito diferente e eu nunca estive tão feliz e segura de mim.
Se ainda tem dúvida de como isso aconteceu veja meu post: O que a Índia pode te ensinar sobre felicidade.

Kerala Blog Express

Além de um possível reecontro com o seu “seu eu”, outra vantagem de um viagem para a Índia é que o país não é um destino tão caro. Você poderá ter uma viagem confortável, se hospedar em hoteis 5 estrelas, sem fazer um furo na sua carteira, se é que entende.

Mas afinal, quanto custa um viagem para India?

Passagem: Eu viajei da Europa para a Índia, pois moro na Suécia, então vou mencionar aqui os valores que paguei pela passagem (em euros) mas o resto do post você verá os valores em dólares.

De Estocolmo para Kochi eu paguei o valor de 600€ em uma passagem pela Lufthansa. Na verdade esse nem era o voo mais barato. Escolhi voar de Lufthansa pois a empresa faz parte da Star Alliance, o que me dava milhas no programa Eurobonus.

Tenho um post aqui no blog contando qual a vantagem de ser afiliado de um programa de milhagens.

Na minha opinião, o único “senão” é que a viagem em si foi longa, a mais longa que já fiz até hoje. No total foram 22horas entre Estocolmo e Kochi, com 3 conexões: Estocolmo > Frankfurt > Mumbai > Kochi e um tempo de espera muito longo entre os voos de Mumbai e Kochi.

Durante o tempo de espera em Mumbai eu paguei US$14 para ficar em um lounge do aerporto que oferecia banho, cama, Internet e café da manhã, tudo incluído nesse valor. Achei que valeu cada centavo principalmente porque eu estava viajando sozinha para a Índia.

Voltando ao assunto da passagem, a boa notícia para quem mora na Suécia, é que a partir de agosto a companhia aérea Air India terá voo direto de Estocolmo para algumas cidades da Índia. Isso vai diminuir drasticamente o tempo desse percurso. Para se ter uma ideia: de Frankfurt até Mumbai o voo dura apenas 7horas. Uma viagem bem mais curta que da Europa para o Sudeste do Brasil, por exemplo.

Se você mora no Brasil, acredito que o ítem mais caro da viagem será mesmo a passagem mas com um boa pesquisa ainda seria possível encontrar preços em conta. Eu utilizo os sites skyscanner.com e o momondo.com para pesquisar os voos e depois sempre entro nos sites da própria companhia aérea para confirmar os preços.

Uma dica para quem tem mais flexibilidade nas datas da viagem é deixar seu email para receber uma alerta sobre a mudança do preço.

Visto: Brasileiros precisam de vistos para viajar para Índia. Eu tenho passaporte sueco e também precisei fazer o processo do visto de turismo online, o e-Visa, que também é possível fazer para quem tem passaporte brasileiro.

O processo para o visto de turismo (e-Visa) que permite uma estadia de até 30 dias no país é prático e rápido. Você preenche todos os dados pela Internet e a resposta do visto sai em até 48horas. O valor do e-Visa para a Índia é de US$69.

Caso você queira permanecer mais tempo no país, a Carla Mota, do blog Viajar entre Viagens escreveu um post super detalhado sobre como retirar o visto de 6 meses para Índia.

Por onde começar sua viagem pela Índia?

Eu viajei para o Estado de Kerala, que fica no sul do país, sendo que Kochi foi a primeira cidade que eu visitei. Kerala é conhecido por ser o Estado com melhor qualidade de vida da Índia, tem a maior taxa de alfabetização,  bom sistema de saúde público, a menor taxa de mortalidade infantil e as maiores taxas de expectativa de vida.

Aliás, super indico começar sua viagem pela Índia por esse estado pois, além da qualidade de vida, Kerala tem características geográficas únicas, com uma natureza linda e bem preseravada e é reconhecida com sendo um dos destinos turísticos mais procurados na Ásia.

Kerala tem um litoral com belas praias, mas também tem montanhas, belíssimas cachoeiras e as famosas  backwaters.

Outra vantagem é que você pode visitar várias dessas paisagens deslubrantes em uma mesma viagem, porque a maioria dos destinos estarão a distâncias de cerca de 2horas entre um e outro.

Eu viajei para Kerala para participar da Kerala Blog Express, onde visitamos quase o Estado inteiro, durante 15 dias, em uma viagem de ônibus.

Agora aperta o play nesse vídeo (curtinho) para ver algumas das paisagens mais belas que vi durante essa viagem.

Hospedagem: A hospedagem geralmente é o ítem mais caro de uma viagem, a seguir a passagem. De qualquer forma vale dizer que na Índia, mesmo se você optar por um hotel 5 estrelas, não pagará tão caro quanto um hotel do mesmo tipo na Europa.

Em uma pesquisa aleatória que fiz no booking.com para escrever esse post encontrei hotéis 4 estrelas, a partir de US$74 (quarto duplo) com café da manhã incluído. Na verdade até encontrei valores mais baratos, porém sempre levo em consideração a boa pontuação do hotel em sites de buscas e acima de 8,0 eu considero que as chances de ter uma boa experiência em sua estadia são altas.

Quanto custa uma viagem para a ÍndiaNão posso dizer que esse seja realmente um bom hotel pois não me hospedei lá, porém decidi mostrar o valor como exemplo.

Agora veja alguns dos hotéis onde me hospedei durante minha viagem para Índia

Xandari Harbour: Xandari Harbour está localizada em uma das áreas mais famosas da cidade de Kochi. O hotel tem apenas 16 quartos, que apresentam uma decoração mininalista e aconchegante e tem uma bela piscina com vista para o porto, um restaurante que serve uma deliciosa comida típica e um atendimento sempre solícito e simpático.

quanto custa uma viagem para Índia

Fiquei hospedada no quarto Spice Room, que era enorme, disponilizava alguns produtos de higiene, snacks, chaleira elétrica para café/chá e água. Além de super aconchegante e com vários armários e gavetas para organizar roupas e  mala, o quarto tem uma vista para o jardim e para a piscina.

O valor da estadia no Hotel Xandari Harbour é a partir de US$152 (quarto de casal) com café da manhã incluído.

Se você está procurando hotel hotel na Índia eu recomendo que faça sua reserva através do Booking.com

Houseboat: Uma das experiências mais marcantes de uma viagem para a Kerala, na Índia, é se hospedar em uma houseboat. Houseboat são as famosas casas-flutuantes que hoje são utilizadas como hospedagem mas que na verdade se tratam de versões de Kettuvallams, que antigamente eram usados para transportar arroz e especiarias.

quanto custa uma viagem para Índia

Existem vários estilos de Houseboat, desde a mais luxuosas, com apenas um quarto especial para quem viaja em casal, às mais simples, que oferecem 3 a 5 quartos e pode ser compartilhado por um grupo maior de pessoas.

Além da paisagem incrível que você irá apreciar durante a estadia na houseboat, outra vantagem é que todas as refeições estarão incluídas no valor da estadia.

O valor da diária em uma houseboat de um quarto (duplo) é de 146US$, com almoço, jantar e café da manhã incluídos.

Quanto custa uma viagem para India

Hotel Kochi Mariot: Um elegante 5 estrelas localizado em uma área das áreas mais moderna de Kochi, digamos assim. O quarto era espaçoso, aconchegante, com vista para a cidade e foi onde tivemos um dos jantares mais deliciosos da viagem, além de um café da manhã típico inesquecível, à beira da piscina.

O valor da diária no hotel Kochi Marriot é a partir US$186 sem café da manhã.

quanto custa uma viagem para Índia

Crowne Plaza: O crowne plaza é uma rede de hotéis que eu particularmente adoro. Primeiramente pelo conforto, quarto sempre espaçosos e elegantes, atendimento simpático e o café da manhã bem farto.
O valor da diária no hotel Crowne Plaza Kochi é a partir de US$145 (quarto duplo) sem café da manhã ou US$176 com café da manhã.

Não me hospedei no Hotel Crowne Plaza Kochi mas já me hospedei no hotel Crowne Plaza Paris Republique e adorei a experiência.

Alimentação: Chegamos ao ponto que amamos. Falar de comida e de provar práticos típicos na  viagem.

Se você é dessas pessoas que ama viajar para experimentar a gastronomia do lugar, saiba que a alimentação na  Índia é um ítem muito barato. A título de comparação um prato principal, do meu à la carte, de um dos restaurantes do hotel 5 estrelas, Marriot Kochi, custa a partir de US$5, sendo que o prato principal mais caro do menu (camarão com molhos de ostras e cogumelos) custa US$10.

O que quer dizer que você conseguirá almoço/jantar ainda mais em conta em restaurantes locais.

Quanto custa uma viagem para India

Quanto custa uma viagem para India

Transporte: Para ser sincera não andei de transporte público na Índia mas algumas vezes me aventurei de tuk-tuk. Além de ser um transporte local que garante boa aventuras (e muito balanço pelas estradas indianas), paguei 100rupias (cerca de US$1,50) por um percuso de cerca de 4km, onde o condutor nos levou em pelo menos umas 5 lojas, e ficou a nossa espera.

Também fizemos uma viagem noturna de trem, uma das experiências mais marcantes dessa minha passagem pela Índia, pagamos  o valor de US$20 pelo bilhete, para viajar em um vagão 2S, com cama e ar condicionado. Esse percurso tinha mais de 500 quilômetros.

Portanto, se você pretende conhecer mais de uma cidade, ou até mesmo mais de um estado na sua viagem a Índia, sabia que trem é um ótima opção.

Passeios: Houseboat, que além de hospedagem é uma passeio em si, pois podemos vivenciar o modo de vida dos locais, ter uma vista incrível da paisagem de Kerala e apreciar uma comida caseira deliciosa.

Forte Kochi: é um uma pitoresca região de portuária e de pesca da cidade de Kochi. Ali ruínas  de casas coloniais, o movimentos dos pescadores, que ainda utilizam as famosas redes de pesca chinesas. Outra atração ícone do lugar.

No Fort Kochi você encontrará restaurantes, lojas de artesanato e especiarias e uma feira de produtos típicos.

É por ali que você terá a oportunidade de ter contato com os locais, conversar com as crianaças. Que muitas vezes nem falam inglês mas ainda assim se comunicam com você de uma forma extremamente dócil e encantadora.quanto custa uma viagem para Índiaquanto custa uma viagem para Índia

Massagem: o que seria de uma viagem a Kerala sem a possibilidade de experimentar os incríveis tratamentos e massagens ayurvédicas que o local oferece, não é mesmo?

Durante minha viagem a Kerala fiz uma massagem ayurvédica de um hora por apenas US$12. Um sonho!

Afinal, quanto vou gastar por dia em uma viagem para a Índia?

Eu diria que excluindo a passagem você gastaria cerca de 40U$D a 50U$D por dia (por pessoa) incluindo hospedagem, alimentação, transporte e passeios.

Obviamente é possível fazer uma viagem ainda mais econômica. Principalmente se você optar por uma hospedagem mais em conta.

De qualquer forma eu diria que esse é o valor que deve ser calculado para fazer uma viagem para Índia de forma confortável, se hospedando em hotéis bem localizados, com boa pontuação nos sites de reserva, fazer os passeios e ainda comer bem. 😀

E você, tem alguma dica sobre uma viagem para Índia?

Quer ver mais fotos inspiradoras dessa viagem? Siga @viajarpelaeuropa no Instagram e acompanhe a hashtag #GinaIndia #keralablogexpress

Viajei para Índia para participar do Kerala Blog Express, um encontro  promovido pelo Turismo de Kerala, que reúne bloggers de várias partes do mundo com o intuito de promover o turismo na região de Kerala, no Sul da Índia.

Créditos: As fotos desse post foram cedidas por Jinson Abraham, renomado fotógrafo de moda e lifestyle do Sul da Índia e pela querida blogger Carla Mota, autora do blog Viajar entre Viagens.

Fontes: Voo direto Estocolmo para India
Aplicar para India e-Visa 
Trem na Índia
Kerala Tourism

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!
468x60_reload-V2

Deixe Seu Comentário

2 COMMENTS

    • Vai Talitha, além de não ser um destino caro a Índia tem paisagens incríveis e as pessoas são dóceis. Um sonho de viagem! <3

Deixe seu comentário