O que fazer na Noruega – subir a maior escada de madeira do mundo

2
2175
passeios em Stavnger

A Noruega se destaca por suas belezas naturais e tem como principais atrações as trilhas e seus imensos fiordes. O país é extenso e possui mais de mil fiordes. Cenário perfeito para quem gosta de combinar aventura e natureza. No fiorde de Lyse (Lysefjord), próximo à cidade de Stavanger, fica a maior escada de madeira do mundo. Isso mesmo! Com 4.444 degraus, Flørli é um destino não muito explorado, mas vou te mostrar neste post as razões pelas quais vale muito a pena incluí-lo em seu roteiro pela Noruega.

Flørli foi uma das primeiras usinas hidrelétricas da Noruega, tendo sido inaugurada em 1918. Hoje desativada, a obra foi considerada uma façanha de engenharia à época. Durante três anos, 142 pessoas foram empregadas em sua construção. Por 25 anos, Flørli foi a principal fonte de energia de Stavanger.

Apesar do local ter um pequeno museu e ter muita história, não foi propriamente isso que me atraiu nele.

Com seus 4444 degraus – altura equivalente a prédio de 280 andares ou 740 metros até o topo -, Flørli é considerada a maior escada de madeira do mundo! A escadaria é tão longa que, para se ter ideia, ao longo do percurso não é possível ver onde as escadas terminam.

Leia também: 15 motivos para visitar a Noruega.

O percurso pela maior escada de madeira do mundo é cansativo, mas garanto que o visual por todo o caminho vale muito a pena. Arrisco dizer que é uma das paisagens mais lindas para o Lysefjord.

Começamos a subir as escadas e logo pensei: “Será que não vai ter marcação nos degraus para sabermos quantos já subimos?” No degrau de número 500 avistamos a primeira marcação. “‘Só’ faltam 3944”, pensei [risos].


Continuamos subindo. A cada 500 degraus, uma nova marcação. É tanta alegria que a gente até faz uma parada para registar o momento.

Levamos 3 horas para completar o desafio. Sim, é muito tempo, mas pelo fato de termos parado algumas vezes – diria muitas vezes [risos] – para descansar, lanchar e tirar fotos.Em algumas partes, a escada é bem íngreme e estreita. Confesso que eu fiquei um pouco tensa e com medinho em alguns momentos. Mas eu queria tanto conhecer Flørli e subir a escadaria que arranjava força e coragem para continuar.

A última marcação que consegui tirar foto foi no degrau 4000, pois um pouco mais a frente a trilha estava coberta por neve, como era inicio de Maio o gelo não tinha derretido por completo nessa parte final e mais alta.

Vale ressaltar que na altura do degrau de número 1000 existe uma saída para uma trilha simples que possibilita o retorno às instalações de Flørli, não sendo obrigatório subir todos os 4444 degraus. Se você estiver com crianças, atenção: é recomendado que se vá apenas até o degrau de número 1000.

Na descida nossas pernas já estavam bambas [risos]. Fazendo menos paradas, descemos com um pouco mais de 1 hora. Aguardamos o nosso ferry de volta para Stavanger em um café onde tomamos uma deliciosa fisksoup, prato típico norueguês que estava delicioso. Recomendo experimentar! Ficamos conversando com o simpático Hessel Haker, que vive em Flørli e é o responsável pela manutenção do local.

Flørli é um pequeno povoado que só é acessível de ferry boat. É possível ir e voltar no mesmo dia (foi o que eu fiz), mas o local também oferece acomodação tipo hostel e apartamento, para quem quiser explorar a região e fazer mais trilhas. Não muito distante dali temos as famosas trilhas de Kjeragbolten e Preikestolen.

Leia também: Preikestolen, a trilha mais famosa da Noruega.

A melhor época do ano para ir a Flørli é durante o verão, não só pelas condições climáticas, mas também pela facilidade de acesso. Como fui no inicio de maio, ainda primavera, e queria ir e voltar no mesmo dia, a opção foi dirigir até a estação de barcas em Lauvvik, a cerca de 50 minutos de carro de Stavanger, para pegar o único ferry da manhã em direção a Flørli às 6h05min. Como o ferry de volta sai às 15h45min, tivemos tempo suficiente para subir a maior escada de madeira do mundo sem pressa, lanchar e descansar. Durante o verão, existem também três empresas que oferecem passeios ou tours guiados até Flørli. Leia aqui mais opções de como chegar em Flørli. (em inglês ou norueguês)  

E você, ficou animado para enfrentar esse desafio, apreciar esta paisagem de tirar o fôlego lá do topo de Flørli? Eu adorei a experiência e recomendo a visita!

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!
468x60_reload-V2

Deixe Seu Comentário

2 COMMENTS

  1. Haja joelho nessa escadaria ai hahahahah Brincadeiras à parte, eu morro de vontade de ir ai para a Noruega, quem sabe esse ano.

    • É verdade Talitha, haja joelho e haja pernas, na descida minha perna tremia muito. kkkkk Mas garanto que o visual é recompensador, vale todo o sacrifício. Eu amei demais! Beijo.

Deixe seu comentário