Visitar Milão vale a pena

0
490



728x90_SAO_FRA.jpg

Sempre que comentava sobre minha vontade de viajar para Milão meus amigos que já tinham visitado a cidade diziam que por lá não havia muito para visitar . Diziam que é uma cidade sem graça…

Catedral Duomo - Foto por: Gisele Almeida
Catedral Duomo, Milão.

Acho que eles tiraram essas conclusões porque os monumentos típicos e casarões antigos estão localizados basicamente no centro da cidade,  próximo a catedral Duomo. E os outros bairros da cidade são cheios de prédios residenciais “comuns”, ou até mesmo porque a cidade é um pouco descuidada, com prédios sujos e pichados.

E se compararmos com outras cidades da Itália, como Roma e Veneza, por exemplo, não tem aquele  arquitetura típica da Itália, pelo menos não a primeira vista, entendem?

Mercado com pichações em Navigli District - Milão. Foto por: Gisele Almeida
Mercado com pichações em Navigli District – Milão. Foto por: Gisele Almeida

Mesmo assim um dia deixei de ouvir esses boatos do contra e incluí Milão na minha viagem de comemoração de fim de faculdade.  E ainda bem que fui!

Como chegar até Milão

Fomos de Londres para Milão viajando de Ryanair, então chegamos no aeroporto de Bergamo. De lá pegamos o ônibus Terravision, a passagem custou 5€ o percurso levou cerca de 1h.

O ônibus te deixa próximo da estação de trem e metro Milano Centrale. O bilhete do metro custa 1,50€ e vale por 90 minutos, nesse período você pode mudar de linhas até chegar ao seu destino. Tem também uma oferta de 10 bilhetes por 13,90€.

Estação de Milano Centrale - Foto por: Gisele Almeida
Estação de Milano Centrale – Foto por: Gisele Almeida

O que visitar em Milão

A dica top #1 que fez com que eu tivesse uma ótima experiência na cidade foi fazer couchsurfing. Isso porque a hospitalidade italiana pode transformar o que poderia ser uma visita “sem graça” ao Duomo a uma ótima aula de história sobre os pontos turísticos da capital da moda, eles adoram conversar sobre isso.

Além disso os surfers poderão te mostrar, ou pelo menos te dar dicas, sobre o melhor da cidade, com o ponto de vista de quem  nasceu e vive por lá, aquele barzinho legal que ele vai com os amigos, aquele restaurante próximo de casa, coisas fora do senso comum turístico, sabe?

E é bem provável que irão fazer de tudo para que você se sinta em casa, como se fosse um amigo, fazendo jus à hospitalidade italiana.

Soraia e os surfers Cristian. Paolo e Davide.
Soraia e os surfers Cristian. Paolo e Davide.

O que fazer em Milão em 2 dias

Na verdade fiquei em Milão durante 5 dias,  mas para este post não chegar ao infinito vou contar o que fizemos day by day, com dicas de bares, baladas, passeio ao Lago di Como e otras cositas mas em outros capítulos.

1º dia: Eu e minha amiga Soraya fomos super bem recebidas pelo nosso surfer, o Paolo. Quando chegamos na casa dele outra surfer estava lá, tivemos um super almoço, home made pasta #yummy! Feita pelas mãos do Paolo e acompanhado de vinho e queijo. Prego!

Descansamos um pouco pela tarde e depois fomos jantar na casa de um dos amigos do nosso surfer, o Cristian, que preparou um risotto a Milanesa.  Dio santo que risotto! Sem dúvidas o melhor que já experimentei. Além da super recepção e simpatia de todos os italianos.

Risotto a Milanesa na casa do Cristian.
Risotto a Milanesa na casa do Cristian.

Depois do jantar fomos conhecer a região onde fica a Catedral Duomo e andamos pelas ruas próximas a Duomo, nesta região há várias lojas de marca. Gostei muito de andar por ali e ver a convivência imponente de arte e moda no mesmo local.

Loja Prada na Galleria Vittorio Emanuele
Loja Prada na Galleria Vittorio Emanuele

Bem ao lado da Catedral Duomo fica a Galleria Vittorio Emanuelle. Além das lojas chiquérrimas os italianos nos contaram a superstição milanesa. Dizem que girar o calcanhar 3 vezes na bunda do touro que está desenhado no chão da Galeria dá sorte. Verdade ou crendice resolvemos não contrariar a tradição… (Ainda vou encontrar uma foto desse feito e postar aqui).

Galleria Vittorio Emamuele
Galleria Vittorio Emamuele

O bacana desse passeio, além de ter sido regado a muitas histórias e curiosidades sobre a cidade, contadas por gente da terra, foi apreciar com calma a vida noturna de Milão. Pelo menos por ali parecia uma cidade pacata, com casais passeando de mãos dadas e alguns turistas tirando fotos. A sensação era como se estivesse andando em uma segunda-feira a noite em um cidade histórica de Minas.

Uma das pracinhas calmas de Milão -
Uma das pracinhas calmas de Milão –

2º dia: No segundo dia fomos visitar o Lago di Como. Estávamos por lá em pleno verão europeu e o calor estava literalmente de matar. Então esse passeio veio mesmo salvar a pátria! Que região montanhosa linda!

É impossível não gostar das casas típicas que estão em volta do lago, que é o terceiro maior da Itália, e impressiona por si só.

Como 2
Lago di Como

Como chegar até o Lago di Como

De trem: Vá até a estação de Milano Centrale e nas máquinas automáticas compre o bilhete. O percurso da viagem dura mais ou menos uns  50 minutos e custa cerca de 10€.

Visitar o Como é um passeio  ideal para quem vai passar uns dias a mais em Milão.

É tão bonito o lugar que até o George Clooney se encantou e comprou uma casinha na região. Tietagem a parte, o Como é lindamente incrível mesmo e vale a pena a visita.

Casinhas próximas ao Lago di Como
Casinhas próximas ao Lago di Como

De volta a Milão resolvemos retribuir a hospitalidades dos italianos e fizemos uma feijoada.  Essa é mais umas das coisas bacanas a respeito do couchsurfing, poder retribuir de maneira simples a hospitalidade nativa. Depois de um tour no supermercado tentando achar os ingredientes, o resultado foi melhor que o esperado e a feijoada super aprovada.

Feijoada na casa do Paolo
Feijoada na casa do Paolo

Navigli Distric: Depois da feijoada fomos passear em Navigli District, região próxima aos canais artificiais da cidade. Por ali ficam vários bares e restaurantes. É um lugar muito frequentado por turistas mas é também o ponto de encontro para o happy hour dos milaneses, como fomos no verão a região estava bastante movimentada. Eu não imaginava, mas por ali ainda está conservado um canal com construções de madeira (tábuas) onde as mulheres lavavam roupas há uns bons anos atrás.

Canal artificial em Navigli District
Canal artificial em Navigli District

Zog: Essa noite também fomos ao Zog, um bar que tem uma pegada rock in roll e depois ainda passeamos mais um pouco pelas ruas calmas de Milão. Alguém ainda acha que em Milão não tem o que fazer?

Zog Bar - Navigli District - Milão
Zog Bar – Navigli District – Milão

5 dicas para aproveitar Milão

1 – Lembre-se de experimentar vários sabores de sorvete e trocar ideias com o dono/funcionário da gellataria, com certeza estarão disponíveis para te dar dicas sobre a cidade. Eles adoram conversar!

2 – Em média  as refeições são baratas (no almoço), mas esteja atenta ao preço das bebidas. No Café Cavalieri pagamos 7€ por uma deliciosa lasanha e 5€ por uma coca-cola no mesmo restaurante.

Cafe Cavalieri
Rindo porque ainda não sabíamos o preço da coca-cola hehe

3 – Se visitar a cidade na época de saldos dá para comprar artigos (inclusive de marca) por um preço mais acessível.

4 – Na praça onde fica a Catedral Duomo ficam uns rapazes te “oferecendo” milho para alimentar os pombos. Caso resolva cair em tentação para tirar fotos com os pombos, cuidado! Eles vêem aos bandos e bicam braços e mãos e isso dói. Veja o drama pela carinha da Soraya!

Alimentando pombos em Milão
Alimentando pombos em Milão

Vou deixar mais dicas sobre Milão em um próximo post. Então aguardem cenas (#dicasbafo) do próximo capítulo

Procurando hotel em Milão?

Faça a sua reserva de hotel Milão usando o Booking.com, além de seguro e prático, ao fazer a reserva clicando nesse link do nosso blog  todos saem ganhando: você opta por um site confiável e com ótimas ofertas e nós do VPE recebemos uma comissão.

Assim podemos continuar trabalhando para compartilhar sempre as melhores dicas para você programar sua viagem e claro, reviews sinceros sobre hospedagem para as cidades da Europa. ;)

E você, o que achou de Milão?

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!
468x60_reload-V2

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário