Não é a sua origem que determina o seu destino

0
140
Gisele Almeida - Ousadia Digital

Olá Ousada,

nas pequenas pausas que tive essa semana, em meio a dezenas de reuniões de preparação para o lançamento de um novo projeto, estive bastante refletiva.

Eu venho de família simples, de uma vida humilde bem típica lá do interior de Minas Gerais, sabe?

Tive uma infância segura e feliz na maior parte do tempo pois meus pais, a maneira deles, conseguiram proporcionar as condições básicas para o crescimento de uma criança. E hoje, mãe, eu entendo o quanto isso foi desafiador visto as condições que eles tinham crescido e a realidade das suas origens.

Mas mesmo vindo desse berço humilde desde pequena eu me lembro que sonhava alto. Outro dia conversando com minha avó ela comentou o quanto eu me divertia brincando de apresentar os meus próprios programas de TV, e, se eu bem lembro dessa época, os meus telespectadores gostavam do meu trabalho. (risos)

Os tempos mudaram e nessa mesma conversa eu perguntei a minha avó se ela sabia que eu tinha realizado meu sonho de ter uma grande audiência interagindo com o meu trabalho.

Essa conversa me fez perceber que não é por ter origem em um lugar pequeno que deixei de ter GRANDES sonhos e mais, isso não me impediu de buscar realizá-los.

Hoje, morando em Estocolmo, na Suécia, tendo me tornado empreendedora na Europa com 2 cursos universitários, fluente em 4 idiomas, sem contar os  incontáveis cursos de extensão, sou muito grata por ter investido no bem mais valioso que podemos adquirir:o conhecimento. A título de curiosidade; eu fui a primeira pessoa que se formou em uma Universidade na minha família.

A importância de estudar, eu também aprendi logo cedo com meu pai. Um homem simples, que tem apenas a até a 4a série do primeiro grau porque precisou desde cedo precisou trabalhar desde os 10 anos de idade, para ajudar os pais dele, por ser o irmão mais velho e, como se casou ainda muito jovem com minha mãe, ele passou a ser o provedor da nossa família, portanto nunca teve oportunidade de ir para escola.
Mas meu pai sempre pai dizia: filha, se você quiser ter uma realidade diferente da que eu posso te proporcionar,  o caminho é estudar.

Você não imagina o quanto esse ensinamento me acompanhou e ainda faz parte da minha vida.
Aquele homem simples, com pouca instrução formal, me mostrou que o conhecimento é um investimento para vida, além de ser o único “bem” que ninguém jamais poderá roubar/tirar de você.

Então em gratidão a meu pai eu queria aproveitar esse post para te dar apenas um conselho.
Invista SEMPRE no seu aprendizado! ✨ E lembre-se: não é a sua origem que determina o seu destino mas as suas decisões.
Beijos e até breve!

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.