8 motivos que pelos quais eu amo Morar na Suécia!

4
4571
Foto por: Ola Ericson/imagebank.sweden.se

Dia 6 de Junho é celebrado o dia Nacional da Suécia,  Sveriges nationaldag, em sueco.  O dia é marcado por muitas festas e atos cívicos, tipo o 7 de setembro no Brasil, sabe?

Então, para comemorar essa data nós, Blogueiros Brasileiros na Escandinávia, estamos fazendo uma blogagem coletiva, onde cada blogueiro apresenta um post sobre a vida na Suécia. E eu escolhi declarar ainda mais o meu amor por esse país que me acolheu tão bem.

Veja só porque eu amo morar na Suécia!

1- Transporte público

O tranposte público é um dos principais fatores que me fazem amar a vida na Suécia. Nada como poder contar com um sistema de transporte eficiente, em que você se locomove rapidamente para todos os cantos da cidade e com segurança. A qualidade no transporte público é um fator que contruibui para a dimuinução da poluição e afeta diretamente a qualidade de vida. Acho essencial não perder horas do meu dia indo e vindo do trabalho. Assim tenho mais tempo para o lazer e outras tarefas. Perfeito, né!

Foto por - Staffan Eliasson - visitstockholm.com
Foto por – Staffan Eliasson – visitstockholm.com

2- Qualidade de vida

De acordo com Mercer, uma companhia global voltada aos recursos humanos, Estocolmo ocupa o 19º lugar na lista das cidades com melhor qualidade de vida no mundo. Para elaborar a lista, são utilizados dez critérios com pesos diferentes, que incluem: segurança, incidência de doenças e qualidade de serviços médicos, educação e entretenimento. Outros pontos avaliados são acesso à moradia, qualidade do ar e problemas de transporte, como congestionamentos.

Parque Gröna Lund - Na Ilha de Djugården em Estocolmo - Foto por: Gisele Almeida
Parque Gröna Lund – Na Ilha de Djugården em Estocolmo – Foto por: Gisele Almeida

E esses não são apenas dados e números, o fato de Estocolmo estar em os primeiros 20 lugares, como uma das cidades com melhor qualidade de vida do mundo reflete diretamente no modo como vivemos aqui. Uma cidade que proporciona serviços eficientes faz com que a vida dos seus cidadãos seja mais harmônica. Você se sente seguro, em todos os aspectos.

3- Segurança

A Suécia é um dos países mais seguros para viver ou visitar. A taxa de criminalidade no país é uma das mais baixas da Europa. Na prática, desde que mudei para a Suécia sinto um certo alívio em poder andar pela rua, sozinha, a qualquer hora do dia ou da noite, sem medo de sofrer algum tipo de violência. Não preciso andar correndo, segurando forte a bolsa com medo de ser assaltada.

look do dia - Gisele em Gamla Stan - Stockholm

4- Igualdade de gênero

Homens e mulheres são criados e educados da mesma forma. Na escola meninos e meninas, além das disciplinas curriculares, aprendem a lidar com afazeres domésticos, como: cozinhar, lavar, costurar. E não existe brincadeira para menino e menina. Uma educação que se reflete em outros setores da sociedade. Além disso a Suécia tem o primeiro governo feminista do mundo, o país tem 23 ministérios, e 12 deles são ocupados por mulheres, inclusive o Ministério da Cultura.

Ministros da Suécia - Foto por - Kristian Pohl

5- Educação de qualidade e gratuita

De acordo com a Lei, na Suécia, todas as crianças e jovens devem ter acesso igual à educação. “A educação deve fornecer os alunos conhecimento epromover o seu desenvolvimento harmonioso e torná-los seres humanos responsáveis e membros da comunidade”.

Foto port: Ann-Sofi Rosenkvist/imagebank.sweden.se
Foto port: Ann-Sofi Rosenkvist/imagebank.sweden.se

Na Suécia, a freqüência escolar é obrigatória para todas as crianças com idades entre 7-16. A idade em que as crianças podem começar a escola é flexível: a criança pode começar a escola como um 6, 7 ou 8 anos de idade. escolaridade obrigatória é gratuita. O Ensino Superior, bem como outros cursos de especialização também são gratuitos no país.

A gratuidade da educação faz com que todos tenham oportunidades iguais, independente do poder aquisitivo.

6- Respeito

A cultura sueca é baseada no respeito ao outro e ao espaço do outro. Muitas vezes eles são considerados “frios” por isso. Mas a verdade é que respeitar o seu espaço e o do outro faz com a vida em sociedade seja mais harmoniosa. O maior exemplo disso, na minha opinão é poder andar na rua sem me preocupar em com assovios ou assédio. Não sinto minha privacidade invadida e nem medo de andar pela rua por ser mulher. Uma liberdade que não tem preço!

Veja também meu vídeo: Quem sou eu e porque eu vim morar em Estocolmo.

http://buildmate.com.sg/wp-content/uploads/2014/07/15.-Demolition-Hammer-Z1G-FF02-15-DONGCHENG.jpg 7- Meio ambiente

Os suecos respeitam muito o meio-ambiente e é um país incrivelmente verde. Mesmo Estocolmo, a capital e maior cidade do país é cercada de áreas verdes por todos os lados. As pessoas fazem caminhadas, picnics e aproveitam muito a vida ao ar livre, mas no fim do passeio todo mundo cuida do seu próprio lixo. Dessa forma as cidades, praças e parques estão sempre limpos.

Churrasco em Rålambshovsparken, Estocolmo.
Churrasco em Rålambshovsparken, Estocolmo.

8 – Suas competências são valorizadas

Desde a pré-escola, as crianças são incentivadas a desenvolver as suas próprias habilidades. Elas vão testar e na prática, desenvolver suas aptidões se dedicando a tarefas com as quais têm mais afinidade. No mercado de trabalho as suas preferências, habilidades e competências também são valorizadas. De uma forma geral, na Suécia, as pessoas trabalham com aquilo que elas gostam de fazer.

ulf_lundin-the_royal_institute_of_technology-1344

Buy Real Phentermine 37.5 Mg Online E agora me conta, você também gostaria de morar na Suécia?

Agora conheça outros Blogueiros Brasileiros na Escandinávia

Priscila de Albuquerque: Chá de Amenidades

Rafaela Nascimento: Suécia, queridos.

Victória Freitas: Morando na Suécia

***

Fontes: Governo da Suécia: Igualdade de Gênero

Suécia: Primeiro Governo Feminista do mundo.

Cidades com melhor qualidade de vida do mundo.

Sweden Abroad: Educação na Suécia

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!
468x60_reload-V2

Deixe Seu Comentário

4 COMMENTS

  1. Oi Gi,
    Bem isso, né! achei bem legal, relembrar tudo isso nos faz entender porque deixamos muitas coisas na nossa terra natal, em busca de qualidade de vida e respeito dos nossos direitos e opiniões.
    Beijo

  2. Olá! Parabéns pelo SITE e pela iniciativa de passar adiante suas experiências na Suécia e informações acerca desse país fantástico!

    Na Austrália, Nova Zelândia, Canadá e etc. a pessoa que deseja imigrar tem como estratégia primeira ir para o país, fazer um curso de idiomas por mais ou menos 2 anos, depois cursar uma faculdade de alguma profissão em demanda, depois buscar emprego na área ou ao menos algum visto de trabalho que lhe permita ficar no país e, por conseguinte, através de algumas outras estratégias legais, obter a residência permanente.

    Na Suécia, pelo que você vê e sabe, quais as principais estratégias legais de imigração adotadas por brasileiros sem visto europeu e sem matrimônio com um nativo?

    Eu estou perguntando porque eu e minha mulher somos apaixonados pela Suécia. Eu não falo inglês, sou funcionário público e jornalista e tenho 32 anos. Ela é professora de inglês e tem 26 anos.

    Aguardo sua resposta e, desde já, agradeço pela atenção e simpatia.

    Muitíssimo obrigado!

    Até breve!

    Att.: Rafael

  3. Olá!
    Gostava de saber quais as profissões que estão a resultar mais na Suécia.
    E se é fácil para um cidadão da união europeia ir viver e ter sucesso na Suécia!

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.