Tag Archives: norway

  • 1

Morar na Noruega, vale a pena ?

Tags : 

Descubra os prós e contras de morar na Noruega

A Noruega está entre os melhores países para se viver, liderando há alguns anos o ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), levantamento que “mede” o progresso das nações, analisando aspectos como a economia, a educação e a expectativa de vida.

Liderar esse ranking, é claro, chama a atenção de muitas pessoas, inclusive a de brasileiros. Muita gente fica interessada e passa a sonhar em se mudar para cá. Mas será que vale mesmo a pena morar na Noruega ?

morar na noruega

Foto: Eduardo Grund /Region Stavanger

Em breve completarei dois anos morando em Stavanger e nesse tempo tem sido comum perguntas relacionadas a viver aqui. Então resolvi escrever sobre as minhas impressões: se é bom, se vale a pena.

Leia também: O que visitar em Stavanger a cidade em que eu moro.

Eu adoro morar na Noruega, contudo conheci brasileiros que não gostam e se dizem infelizes em terras norueguesas. Então acho que sempre deve-se avaliar e ponderar os pontos positivos e negativos de cada lugar e perceber o que realmente te faz feliz ou não.

morar na noruega

Foto: CH – lunss.com

Primeiro de tudo, lembre-se que ao mudar, você deixará para trás família e amigos, terá que aprender a conviver com a saudade e a distância. É bem possível que você perca muitas datas comemorativas: aniversários, nascimentos, casamentos de amigos e familiares. Mas hoje em dia, com o avanço da tecnologia, as redes sociais fazem essa distância diminuir um pouquinho. Imagina como era no tempo de nossos pais e avós? Não tinha internet e telefone era caríssimo, que dirá para o exterior.

Outro fator que pode incomodar muito é abandonar o calor das terras tropicais para encarar as temperaturas gélidas escandinavas. Muitos brasileiros sofrem com o frio e a escuridão, principalmente no outono e inverno, e sentem falta da praia, do calorão brasileiro. Particularmente, eu não sinto tanto do calor, mas sinto, sim, muita falta do sol, de andar de bermuda, camisetas e chinelo. É, inclusive, pela falta de sol por aqui que é recomendado que os moradores da região escandinava tomem complemento de vitamina D. A falta dela gera cansaço e desânimo.

Lavender Bridesmaid Dresses

No inverno as temperaturas podem variar entre 5ºC a -15ºC, pode ser até menos se você estiver mais ao Norte do país. No verão os termômetros ficam entre 5ºC e 25ºC nos dias mais quentes. Aí você pode pensar: “Poxa, é frio para caramba!”. Bem, depende! Há um ditado por aqui que diz que não existe tempo ruim e sim roupa inapropriada. E se você tem dúvidas de como se vestir no inverno europeu tem que ler esse post que dei varias dicas para não passar sufoco no frio.

morar na noruega

Foto: Eduardo Grund / regionstavanger.com

A Noruega também é conhecida pela alta carga tributária. Já vi muitos comentários na internet criticando isso, mas eu não vejo mal em ter muitos impostos quando os serviços públicos oferecidos, como educação, saúde, transporte e segurança, são de boa qualidade. No Brasil, temos muitos impostos e os serviços públicos não correspondem às necessidades da maioria das pessoas que deles dependem. Mas não quero aqui entrar em polêmica.

Por conta do clima e dos altos impostos, aquele nosso hábito de ir ao barzinho com os amigos depois do trabalho não é muito comum por aqui. Assim como sair para comer fora. Outro costume muito típico da Noruega e dos demais países da Escandinávia é que tudo sempre é marcado com certa antecedência. Não há improviso ou eventos marcados em cima da hora. Não espere ouvir de um amigo norueguês algo do tipo: “Está ensolarado. Então passa lá em casa mais tarde para fazermos um churrasco”. Nunca! Se calhar de o sol sair no domingo, piorou, porque lojas e supermercados não abrem aos domingos. Você pode sentir falta daquela festa e socialização brasileira. Nada melhor que fazer amizades com brasileiros por aqui para quebrar toda essa formalidade norueguesa!

bridesmaid dresses NZ

Foto: Eduardo Grund /Region Stavanger

Outra dúvida é se os noruegueses são frios. Bem, sempre digo que eles não são frios, eles são mais reservados, têm medo de invadir a privacidade da pessoa e, por isso, acabam sendo mais fechados. Obviamente eles não são calorosos como nós. Não espere ser convidado para casa de um norueguês com pouco tempo de contato. Outra característica marcante desse povo é a tranquilidade. Eles são também, sem dúvidas, menos estressados que nós, brasileiros rs.

Leia também: 15 curiosidades da Noruega

Por aqui, o índice de escolaridade é alta! Todos, em sua maioria quase que absoluta, estudam em escolas públicas. O serviço de saúde também é público. Já estive internada por uma semana aqui e não tenho nada do que reclamar. Conheço algumas famílias brasileiras que vivem aqui há anos e me dizem que não teriam condições de dar a mesma qualidade de vida a seus filhos no Brasil.

De acordo com o relatório anual de 2015 “State of the World’s Mother”, da ONG Save the Children, a Noruega é o melhor país para criar os filhos, num total de 179 países analisados. Um fato curioso que contribuiu para este índice é que a licença maternidade pode durar um ano para as mães (que continuam a receber 80% do salário) e três meses para os pais. E não pense que a empresa onde você trabalha te “olhará torto” por tirar esse período de licença a maternidade. Aqui a família vem em primeiro lugar!

morar na noruega

Foto: Ingeborg Skrudland / Jærmuseet

A Noruega também é um dos países mais seguros do mundo. É claro que podem acontecer casos esporádicos, mas, no dia a dia, é muito seguro. Você anda pelas ruas sem medo; pode falar ao celular sem risco de ser assaltada; crianças vão e voltam da escola sozinhas. Também é seguro andar sozinha à noite. Eu tenho o costume de sair e voltar a pé sozinha sem nenhum problema. Não estou dizendo que é violência zero, mas, comparado a outros países e ao Brasil, é, sim, muito mais seguro. Ao me mudar para cá, por bem dizer, acabou o problema que mais me incomodava no Brasil, a falta de liberdade de ir e vir em função da violência.

morar na noruega

Foto: Monica Larsen / regionstavanger.com

A Noruega também é um país com pouca diferença social. Mais uma vez, é claro que existe uma certa diferença, mas ela não é grande. Posso dizer que não existem pessoas pobres aqui. Todos ganham o suficiente para viver bem e ter acesso a todos os serviços públicos básicos de qualidade.

morar na noruega

Foto: Terje Rakke/Nordic Life/regionstavanger.com

Sendo assim, apesar de “probleminhas” pontuais, a Noruega continua ostentando o título de melhor país do mundo para se viver. Basta você avaliar se os pontos negativos irão pesar muito ou se os pontos positivos irão prevalecer. O que posso afirmar é que essa percepção é muito diferente de pessoa para pessoa. Não há uma fórmula perfeita! Há quem ame e há quem odeie viver aqui. Eu estou no time daqueles que simplesmente amam esse país incrível!

 

Aproveite as ofertas da TAP e marque já sua próxima viagem pela Europa! Promotion 468x60
Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel! 468x60_reload-V2

  • 0
Noruega

15 motivos para visitar a Noruega

Tags : 

Não há dúvidas de que a Noruega é um dos destinos com paisagens mais deslumbrantes do mundo. Mas se você ainda não está certo em incluir o país como seu próximo destino, vou listar 15 motivos que certamente te deixará mais animado(a) a pegar o próximo voo para cá. Preparados?

15  motivos para visitar a Noruega

1 – Fiordes

A Noruega é o país que mais tem fiordes no mundo. São mais de mil em todo o país. Aqui é, sim, a Terra dos Fiordes. Para quem não sabe, fiorde é uma grande entrada de mar entre altas montanhas rochosas. Os que mais se destacam na Noruega são: o Geirangerfjord, o Lysefjord, o Nærøyfjord e o Sognefjord, situados na Costa Oeste. Faça um passeio de barco  pelos estreitos corredores e se deixe encantar pela paisagem de beleza estonteante.

 

Noruega

 

Saiba mais sobre o Cruzeiro pelo Lysefjord

 

2 – Aurora Boreal

Este fenômeno indescritível, com condições de visibilidade bem específicas, atrai pessoas de todo o mundo e é uma espetáculo à parte. O “ballet” das luzes que colorem o céu é uma experiência mágica!  As auroras acontecem com maior frequência no Norte do país.

Noruega

 

Leia também o post Qual a melhor época para visitar a Noruega e descubra quando programar sua viagem para ver a Aurora Boreal.

3 – Sol da meia noite

Este é um curioso fenômeno que poder ser observado no verão. Entre os meses de maio e julho, no Norte da Noruega, o sol nunca se põe, o que é curiosíssimo para nós brasileiros. Por aqui, muitos passeios e eventos são organizados durante a noite, exemplo de safaris de observação de baleias, mergulho noturno, cinema ao ar livre.

 

4 – Rotas panorâmica de trem

A Ferrovia de Flåm foi reconhecida como a viagem de trem mais incrível do mundo pela publicação Lonely Planet de 2014. A viagem leva você pelo topo das montanhas e, durante o trajeto de 20 quilômetros, o visual inclui rios cortando desfiladeiros profundos, cachoeiras, cumes nevados e fazendas nos pés das montanhas.

 

5 – As mais belas trilhas

Na Noruega há uma infinidade de opções de trilhas, algumas mais fáceis dentro das cidades e outras mais longas e mais difíceis. Dentre as mais famosas estão as trilhas para Preikestolen (4 quilômetros e cerca de três horas de trilha), para Kjerag (X km e cerca de seis horas) e a mais longa, para Trolltunga (X km e cerca de 11 horas).

 

Noruega

 

Leia também esse post completinho de dicas sobre a trilha para Preikestolen.

 

6 – Comer muito bacalhau

O bacalhau norueguês é muito conhecido por nós brasileiros. Mas comê-lo por aqui é diferente do que no Brasil. Aqui o bacalhau não é salgado, ele é fresco. Sabia que 90% do bacalhau exportado pelo mundo todo sai da Noruega.

Leia também o post sobre o Gladmat, o maior festival gastronômico da Escandinávia.

 

7 – Dirigir por estradas cenográficas

A Atlantic Ocean Road é uma famosa estrada cenográfica ao Norte da Noruega, com 8.3 quilômetros, oito pontes e curvas de tirar o fôlego! É realmente impressionante dirigir por esta estrada!

8 – Cachoeiras

Devido à sua geografia, a Noruega tem milhares de cachoeiras. Eu poderia dizer que é quase impossível você não ver algumas em sua viagem pelo país. Algumas das mais bonitas são: Latefossen, Seven Sisters, Voringsfossen, Langfoss, Manåfossen.

9 – Arquitetura

O uso de madeira lisa e pedras são características comuns na maioria das casas por toda a Noruega, revelando formas simples e suaves, que se integram com perfeição à paisagem. As cores mais tradicionais nas casas de madeira são branco, vermelho e amarelo. Também é comum as casas terem o telhado verde, com gramado. Um charme!!!

 

Noruega

 

10 – A-Ha

O A-ha é uma famosa banda norueguesa de New wave e Pop Rock, formada na capital do país, Oslo, em 1982. O grupo alcançou enorme sucesso mundial nos anos 80, tornando-se imediatamente umas das bandas mais famosas daquela década. O trio é lembrado até hoje por emplacar diversos sucessos mundo afora. Vira e mexe tem um show do A-ha por aqui.

11 – Cultura Viking

Os Vikings, guerreiros e conquistadores que saíram de terras escandinavas em direção à Europa, fazem parte da história da Noruega. Por aqui existem alguns museus sobre o tema e muitas referências à essa cultura. A era viking foi do ano de 800 a 1.050.

Noruega

 

12 – Esquiar o ano todo

Se você curte esportes de inverno, a Noruega é o lugar certo! O país tem estações de esqui que funcionam o ano todo. Próxima à fronteira com a Suécia, a cidade de Trysil tem o maior resort de esqui da Noruega!

 

13 – Ver animais silvestres

A Noruega possibilita ao viajante a observação de grande variedade de espécies de animais silvestres em seu habitat natural. Você facilmente encontra alces, renas, ovelhas e águias de cauda branca durante seus passeios por áreas selvagens ou mesmos passeando nas áreas mais calmas de cidades pequenas. Eu mesma já tive a oportunidade de avistar, ainda que rapidamente, um alces passeando por uma floresta em Stavanger.

 

14 – Paisagens deslumbrantes

A Noruega é fascinante também por contar com paisagens contrastantes e variadas, com seus fiordes espetaculares e imensas geleiras ao Norte. Pense em cachoeiras cristalinas, florestas verdejantes, penhascos dramáticos e campos de neve atraentes,… você não vai conseguir parar de tirar fotos! Com tantas paisagens deslumbrantes, você estará diante de um cartão postal a cada momento.

 

Noruega

 

15 – Igrejas de madeira

Uma das maiores referências da arquitetura típica da Noruega são as antigas igrejas de madeira Stavkirker, que levam o nome dos pilares de madeira (Norueguês: stav) que as sustenta. Cerca de 30 destas igrejas são preservadas. A mais antiga é a Igreja de Urnes, erguida em 1132, que integra a lista de patrimônios da UNESCO. Já a Heddal é a maior igreja de madeira da Noruega e está localizada na região de Telemark.

 

Noruega

Agora me conta, qual desses motivos mais te faria visitar a Noruega?

 

 


  • 0
SVALBARD

What to do in Svalbard during winter

Tags : 

Darkness…
Only darkness for 3 month.
The sun never goes up over the horizon.

This is the reality on Svalbard, Norway.

The Svalbard Islands are located in the Arctic Ocean, halfway between Norway and the North Pole. On Svalbard, you will find an arctic wilderness and a wildlife that is unique.
Svalbard has been one of the destinations on my bucket list for so long but now, after being there I can say that it is a really unique place that you should visit at least once in your lifetime.

During winter Svalbard is under darkness for 3 months.  I was here for a few days January with my friend Samuel and it was really cold, around -20C during our visit. We really wanted to see the Northern lights (Aurora) and in this period the chances of seeing this phenomenon in this region are really high.

Before I continue I want to say sorry for the quality of the photos. Most of them are taken with an iPhone 6 in the darkness.

Svalbard

The sun will arrive in 21 days

How to go from Stockholm to Svalbard?

We flew with the Star Alliance partner SAS from Stockholm(ARN) -> Oslo(OSL) -> Tromsö(TOS) -> Longyearbyen(LYR) and landed in the middle of the night at 02.00.

Svalbard

Just arrived to Longyearbyen

We were welcomed by this big man. A Polar bear.  By the way, I would say that Svalbard a place where you cannot leave the town without an armed local guide because of the polar bears. There are around 2000 polar bears around there. More bears the people during winter.

Svalbard

Welcoming Polar bear on the airport.

We took a taxi to Svalbard Hotel where we booked our stay. I can really recommend this hotel. It is newly renovated and really fresh. I also want to mention that the breakfast here was really good as well.

Svalbard

What to do in Svalbard in winter?

The first day we visited Svalbard Museum that was a bit disappointing. Price: 90 NOK (Norwegian kroner). 90 NOK = 10 Euro. Not so much to see here.

After that, we took a tour with the local guide Viggo. Price 290 NOK. He talked about how it was to live on Svalbard and the history of the city Longyearbyen. How the city was bombed by the Germans during World War II. First, he took us to a place close to Gruve 7 (Coal mine number 7)where scientists check the interaction between the sun and earth. The antennas are massive.

Svalbard

Can anyone here me?

After that, he took us to a place where I really wanted to go for a long time: The Global Seed Vault.
This is the place where countries can store seed from their fauna in the case of a disaster at home. They can then ask for their seeds to grow them up again. They are really safe here in the permafrost. The vault is really close to Gruve 3 (Coal mine number 3)

Svalbard

Global seed Vault

Svalbard

Global seed Vault

The second day we had booked a Dogsled tour. (Price: 1290 NOK around 130€). We were picked up by our guide that drove us to the dog yard or the kennel that a place where they breed dogs are called where we could meet our four-legs friends. We were introduced to the equipment and the huskies. We got warm clothes to survive the cold.

Me and Sam were told to help to put 6 dogs to our sled. It was a nice experience to do. The dogs were so happy and wanted to run away directly 🙂

After 30 minutes we were ready to go. Our guide had her rifle with her all the time if we were going to meet a Polar bear. The dogs were enjoying to run and we really needed to hold on to not fall off the sled.

Svalbard

Husky kennel

Svalbard

Preparing Huskies

The first part I was driving the dogsled while Sam was in the sled. The 6 huskies were really running fast. Some parts were hard to drive but we made it. After 30 minutes or so we stopped to change driver. I jumped down in the sled and it was Sams turn to drive all the way back to the kennel.

Svalbard

Dog sledding tour with huskies

Svalbard

Dog sledding tour with huskies

Nature is so magic here. The arctic landscape is so beautiful. Everything is really quiet. You can only hear the dogs soft footprints in the snow.

When we were back we helped with putting the dogs back to their small dog houses. After that, we got a warm cup of coffee and started our trip back to our hotel. What a wonderful day!

The rest of the trip will be posted soon. We saw the Northern Lights and I will give some tips for you to have this amazing experience in the next post!

Stay tuned!


  • 0
Como é o natal na Noruega

Como é comemorado o Natal na Noruega

Tags : 

Como num piscar de olhos, lá se vai 2016… Mas o Viajar pela Europa conta para você como é comemorado o Natal na Noruega. As tradições são bem diferentes por aqui mas o charme desse época do ano, além dos costumes típicos, fica pela paisagem natural, quase sempre branquinha de neve.

Confira agora pois quem sabe não te inspiramos a visitar a Noruega no próximo ano e passar o natal em terras escandinavas!

Como é comemorado o natal na Noruega

– Advento (em norueguês Advent)
As celebrações começam no primeiro domingo do Advento. O período refere-se às quatro semanas que antecedem o Natal. Normalmente, as famílias têm uma coroa ou guirlanda do Advento com quatro velas coloridas ou numeradas. Cada uma representa uma semana do mês e a cada domingo, uma vela é acesa.

Também no primeiro domingo do Advento são inauguradas as iluminações das árvores de Natal das cidades. Ano passado, fomos na celebração no centro de Stavanger, em frente à Catedral. Parecia que todos estavam lá, reunidos com suas famílias. Tivemos apresentações de coros com canções natalinas e a tradicional contagem regressiva para o acendimento das luzes da árvore.

– Biscoito de Natal e cidade de biscoito (Pepperkake e Pepperkake Byen)
Durante a inauguração das árvores de Natal também é muito comum as pessoas comerem uns biscoitos de canelas e especiarias decorados e em formatos de boneco. Há biscoitos de vários tamanhos. Alguns, para a alegria da criançada, são enooormes.

Outra tradição é montar casinhas e maquetes de cidades com biscoitos. Essas delícias docemente arquitetadas muitas vezes vão parar em exposições e até em concursos entre escolas, times e restaurantes. Eu mesma já visitei uma exposição na biblioteca do Centro de Stavanger, a Sølvberget Stavanger Culture House.

 

Como é comemorado o natal na noruega

 

– Estrela de Natal ou Estrela do Advento (Julesstjerne ou Adventsstjerne)
A estrela do Natal ou do Advento também é um ornamento muito típico e comum nas casas norueguesas nessas época do ano. Andando pelas ruas, observamos inúmeras casas com suas estrelas iluminadas nas janelas. A Gi falou sobre esse costume e outros, também comuns na Suécia, no vídeo 11 curiosidades sobre o natal na Suécia.

Leia também: Qual a melhor época para visitar a Noruega

– Calendário de Natal (Juleskalender / Adventskalender)
A partir do dia 1º de dezembro, cada uma das 24 janelinhas dos tradicionais calendários de Natal é aberta. Essas janelas são estampadas com elementos relacionados à data: um sino, uma estrela, uma vela, um presépio… dentro delas há doces ou brinquedinhos simples.

Hoje em dia, esse calendários não são apenas direcionados às crianças, afinal de contas não são apenas elas que esperam ansiosamente o período natalino.

O calendário é também muito útil para as famílias que realizam atividades entre membros. Cada dia tem uma tarefa ligada ao Natal: ouvir uma história ou cantar uma música de Natal, fazer casas de biscoito,… particularmente, adoro esse costume, pois é algo divertido e que une ainda mais as famílias.

Como é comemorado o natal na noruega

 

– Árvore de Natal (Juletre)
A árvore de Natal é um dos símbolos mais populares das celebrações natalinas pelo mundo. Por aqui, normalmente, a árvore de Natal é um pinheiro natural, vendido em feiras de árvores pela cidade. Mas elas também podem ser artificiais. As lojas estão cheias de opções.
O pinheiro simboliza a vida, pois é uma das poucas árvores que estão sempre verdes, mesmo no inverno!
Seguindo a tradição, as famílias enfeitam as árvores com objetos que remetem à data. Algumas famílias montam suas árvores apenas na véspera de Natal e logo em seguida, após o término dos festejos, logo se desfazem delas. O normal, no entanto, é montar essas árvores no início do Advento.

Como é comemorado o natal na noruega

 

– Refrigerante de Natal (Julebrus)

Esta é uma bebida típica vendida apenas perto do período natalino, a partir do início de novembro. Este refrigerante, apesar da coloração escura, tem sabor tuti-fruti. Os noruegueses adoram! Conheço algumas pessoas que compram vários litros e estocam para continuar no clima natalino (risos).

Como é comemorado o natal na noruega

 

Roupas de Natal (Julegenser)

É muito comum um noruegueses terem uma roupa ou um pullover bem típico para usá-lo na noite de Natal. E se engana quem pensa que esse costume se estende apenas às crianças. Não! Os adultos também entram nessa brincadeira! Pode ser um pullover com desenho de árvore de Natal, de rena, de boneco de neve ou do papai Noel. Acho muito divertido!

E você, já conhecia algum desses costumes de Natal na Noruega ?


  • 38

O que fazer em Stavanger – Viking Tour

Tags : 

Os vikings conquistaram o mundo por meio de séries, como Vikings e Game of Thrones. Toda essa popularidade acabou gerando negócios até mesmo para o turismo. Agora temos a possibilidade de fazer um Viking tour em Stavanger, na Noruega. Nada como conhecer os lugares onde viveram os verdadeiros vikings da história, não é mesmo?

web_hent_bilde7mud6ek2

Os Vikings fazem parte da história medieval escandinava. Ao Viajar pela Noruega você encontrará diversas referências a esse povo guerreiro. Uma ótima maneira de conhecer um pouco mais sobre a cultura viking é fazer o Viking Tour em Stavanger, um passeio que vai te levar a explorar locais de grande importância para a história deste povo. A visita a campos de batalha, locais de rituais, cerimônias e a outros importantes eventos estão dentro do roteiro. Tudo é apresentado por meio do olhar de estudiosos. Temos, então, uma real perspectiva de como viviam os que habitavam a Escandinávia anos atrás.

 

viking3

Embarquei no porto de Stavanger, em um ônibus todo personalizado com decoração viking. Até mesmo a guia estava vestida com trajes típicos, tudo havia sido preparado para entrarmos no clima desse tour. Durante todo percurso, a guia foi nos contando, em inglês, a história e algumas curiosidades dos Vikings.

Nossa primeira parada foi no Sverd i Fjell, um monumento comemorativo localizado no Fjord de Hafrs e que celebra a unificação da Noruega. Nesse marco, a guia nos contou um pouco das batalhas que ocorreram na região e nos mostrou a réplica de uma espada utilizada naquele tempo.

Leia também: O que são os fjords norugueses

img_7067

Em seguida, passamos pela Sola Ruinchurch, uma igreja de pedra do século 12. Incrível pensar como este marco histórico resistiu bravamente ao tempo.

img_6927

A nossa parada seguinte foi a Domsteinane, um círculo de pedras arqueológicas localizado uma pequena floresta. Acredita-se que o local era utilizado para rituais de julgamentos e punições ou se trate de um altar. São 24 pedras dispostas na vertical e formando um círculo com cerca de 22,5 metros de diâmetro. Ao centro, há algumas pedras que formam um tipo de mesa.

img_6861

Partimos para a Iron Age Farm, uma fazenda que retrata os anos 350 a 550. Vestida com trajes da época, a proprietária do local nos mostrou o interior de uma das casas de pedra e nos explicou como era a rotina e as tarefas diárias há cerca de 1.500 anos.

Ela também nos ensinou a técnica que era utilizada para fazer fogo, falou sobre o processo de produção das roupas e nos mostrou as formas de preparação de alimentos.

viking2

Muitas histórias foram contadas nesse tour. O passeio é tão interessante que o tempo passa super rápido. Foi tão envolvente aprender sobre essa cultura que fiquei com a sensação de que poderia ficar ali horas e horas.

O local é bem pitoresco e fica ainda mais charmoso com a presença destas simpáticas ovelhinhas. Muito charme!

viking1

No fim do tour você pode optar por voltar ao centro de Stavanger ou aproveitar para conhecer o Museu Arqueológico, gratuitamente, já que o local tem parceria com o Tour Viking. É uma ótima opção para quem deseja se aprofundar um pouco mais na cultura Viking.

viking

Vale lembrar que o tour Viking acontece apenas entre os meses de maio e agosto, tem duração de 2 horas e 30 minutos (sem considerar a visita ao Museu Arqueológico) e o valor do passeio é de 45o NOK (cerca de 50€).

GuideCompaniet é uma empresa que faz parte da Destino Viking Association, associação que visa promover o Mundo Viking com base em conhecimentos consolidados em pesquisas acadêmicas.

Fiz o tour Viking a convite da Guide Companiet. A opinião é minha!


  • 18

O que fazer na Noruega – Flor og Fjære – uma ilha tropical em Stavanger

Tags : 

Geralmente quando pensamos em Noruega logo imaginamos montanhas e muita neve, não é mesmo? Mas o país apresenta paisagens deslumbrantes e bem diversificadas, sendo que no verão, podemos até mesmo nos aventurar  em um jardim tropical exuberante, acreditam? Flør og Fjære,  ou Ilha das Flores, fica localizada próximo a Stavanger, e, trata-se de uma ilha que parece ter saído de um conto de fadas.

img_7151

Em um passeio pelo porto da cidade, logo que me mudei para Stavanger, vi um barco estampado com flores lindas. Parecia um lugar encantador! O interesse foi tamanho que parti em busca de informações sobre aquele lugar lindo. Era um pedacinho de Flør og Fjære. Como a temporada de visita à ilha se encerra no final de setembro, só consegui visitar o local este ano. Gostei tanto que já fui duas vezes nesta temporada!

img_7176

Um pouco da história:

Em 1965, Åsmund e sua esposa Else Marie revelaram a amigos o desejo de plantar flores na ilha. Ninguém deu muito crédito. “Como seria possível um jardim florido em um país como a Noruega?”, eles devem ter se perguntando. Mas deu certo! O grande jardim abraçado pelo mar tem mais de 50 mil espécies, entre rosas, palmeiras, cactos, bonsai, bamboo, árvores frutíferas e muitas outras. Um verdadeiro deleite visual!

img_7167

Atualmente, é Olav Bryn, filho de Åsmund, que está à frente dos jardins. Ele cria e estuda novas combinações durante o inverno para apresentar uma nova coleção maravilhosa de flores e cores a cada temporada. Olav diz se inspirar no arco íris para ampliar esse colorido jardim.

img_7240

Desde 1995, Flør og Fjære é aberto ao público com uma mistura de um exuberante jardim e uma deliciosa refeição com vista para o mar e os fiordes. Cerca de 30 mil visitantes desfrutam desse santuário por temporada (que vai de maio a setembro). Uma curiosidade: em 2007, a Rainha da Noruega, Sonja Haraldsen, celebrou o aniversário de 70 anos na ilha.

img_7363

Leia também: O que visitar em Stavanger

O passeio:

O acesso à ilha é somente de barco. O percurso, saindo do porto de Stavanger, leva cerca de 20 minutos. Ao chegar em Flør og Fjære, o turista é guiado em um tour de 30 minutos pela ilha. Assim ele conhece um pouco da história e das curiosidades dos jardins.

img_7368

Após o tour, os visitantes são direcionados ao restaurante para apreciar uma deliciosa refeição assinada pelo chef André Mulder. Tudo com uma agradável vista para os fiordes. Ah, e não se desespere! Após o almoço ou jantar você terá mais tempo para apreciar os jardins e tirar mais fotos! [risos] E, acredite! Você vai querer tirar fotos em cada pedacinho dessa ilha mágica.

img_0751

O menu é aberto com a Fisk Soup, prato típico norueguês. Para mim, foi a melhor que já provei na Noruega até hoje! Uma explosão de sabores! Só de lembrar me dá água na boca!

img_7182

Em seguida, o buffet apresenta opções de peixes (normalmente bacalhau e salmão, saladas), massas e carnes. Por fim, é servida a sobremesa. Vale lembrar que, caso você tenha alguma restrição alimentar, basta contactar o local com antecedência para a preparação de um menu especial.

img_7189

Bom, finalizada a refeição, os turistas retornam para os jardins para aproveitar toda a beleza da ilha.

img_7252

Todo o passeio tem cerca de cinco horas de duração, entre tempo de barco, tour, refeição e tempo livre. Você pode optar por visitar esse paraíso pela manhã ou a noite. Eu já estive em Flør og Fjære nos dois turnos. Como a ilha só está aberta para visitação durante a primavera e verão, não se preocupe, o dia estará claro, não importa o turno escolhido para o passeio.

img_7358

Informações úteis: 

– Faça sua reserva online aqui;

– Aberto de segunda a sábado, de maio a setembro;

– Normalmente você pode optar entre 2 turnos (almoço ou jantar);

– Acesso somente de barco, saindo do Porto de Stavanger;

– Preços: 1.090 NOK para adulto, 390 NOK crianças entre 3 a 12 anos e 150 NOK para crianças de 0 a 3 anos; (cerca de 121 €, 43€ e 17€ respectivamente).

E você, já tinha pensado em visitar um jardim tropical na Noruega?


  • 20

Qual a melhor época para visitar a Noruega ?

Tags : 

O verão é a minha estação favorita para viajar pela Noruega. Adoro aproveitar os dias longos e temperaturas amenas para fazer trilhas e visitar os famosos fjordes noruegueses. Mas a verdade é que esse país escandinavo, de paisagens deslumbrantes, oferece atracões inesquecíveis em qualquer época do ano.

Fjords

Foto: Robin Strand

Se está pesquisando a melhor época para viajar para a Noruega saiba que realmente depende  de você e do seu estilo viajante. De cruzeiros, a  eventos ao ar livre e a famosa aurora boreal. O país oferece experiências únicas em qualquer estação. Vou fazer aqui um resumo das atividades mais comuns de cada uma delas para te ajudar a escolher a época que combina mais com seu perfil, combinado?

O que fazer na Noruega na Primavera / Verão

A primavera é muito celebrada pelos noruegueses. Depois de meses no frio e na escuridão é hora de voltar a apreciar o charme das flores que começam a brotar e colorir as cidades, os dias passam a ser mais longos e quentes, e a população volta a aproveitar os passeios ao ar livre.

Nessa época do ano as pessoas amam visitar parques! É comum ver famílias inteiras sentadas na grama pegando um solzinho (no meio da cidade) e fazendo picnics nas praças. Inclusive,  várias atrações e bares só reabrem nos meses na primavera. Portanto, esse período é indicado para quem quer aproveitar ainda um pouco de “friozinho ” nórdico e conhecer uma Noruega mais colorida e animada.

Leia também: Onde comer barato na Noruega

IMG_0004

Alguns passeios são apenas possíveis no verão. As três trilhas mais famosas da Noruega: Preikestolen ou Pulpit Rock, Kjeragbolten (aquela com uma pedra presa entre uma fenda nas montanhas) e Trolltunga, a lingua do Troll, podem ser exploradas apenas durante o verão europeu. É entre os meses de maio a setembro que podemos nos aventurar com segurança por essas paisagens por conta da ausência de neve no trajeto. Vale lembrar que mesmo na primavera a neve costuma resistir e ainda dificultar esse tipo de aventura.

Para quem vai  fazer trilhas é aconselhável verificar sempre as condições do tempo no dia do passeio. Se ele estiver instável, é melhor deixar para fazer adiar. Quando fui pela primeira vez a Preikestolen não verifiquei nada disso. Era um dia lindo, estava sol e céu azul mas ventava bastante. A trilha foi tranquila mas quando chegamos no alto o vento quase levava a gente [risos]. É bem perigoso, sem contar que atrapalha as fotos.

Leia também: Tudo que você precisa saber para visitar Preikestolen, a trilha mais famosa da Noruega

preikestolen-pulpit-rock-and-the-lysefjord-lysefjorden-tr-fn254ahm_800

Foto: Terje Rakke

Os cruzeiros também são muitos comuns na primavera e verão. Eles conduzem os turistas aos majestosos fjords da Noruega e oferecem ângulos incríveis para fotos. São passeios muito populares, não apenas para turistas, mas também entre os próprios noruegueses.

IMG_7781

O sol da meia noite é um curioso fenômeno que poder ser observado no verão. Entre os meses de maio e julho, no norte da Noruega, o sol nunca se põe. No resto do país o pôr do sol  acontece por volta das 11 da noite mas nunca chega a escurecer realmente. O céu fica apenas em um tom azul escuro até o amanhecer, que acontece por volta das 3 da madrugada.

Aproveitando esse fenônemo, curiosíssimo para nós brasileiros, muitos passeios e eventos são organizados durante a noite, como: safari de observação de baleias, mergulho noturno, cinema ao ar livre.

img_0869

Para quem quer apreciar um pouco mais da cultura norueguesa, visitar o país no Dia da Constituição Norueguesa, comemorado em 17 de Maio. As ruas do país ficam lotadas. Os noruegueses se vestem com trajes típicos e celebram sua nacionalidade. Em Oslo, capital do país, o desfile é prestigiado pela família Real. Tem um post completo sobre esta data tão comemorada aqui na Noruega.

dia-nacional-da-noruega-em-frente-ao-palacio-real-foto-por-visitoslo-heidi-thon

Foto: Heidi Thon

Se você gosta de boa gastronomia, em julho acontece o principal festival de comida dos países nórdicos, o Gladmat, na cidade de Stavanger. É literalmente uma delícia aproveitar todos os dias deste festival de comilança, o evento é uma verdadeira vitrine para os alimentos, a gastronomia e a cultura local. Além disso é de Stavanger que partem vários passeios para os incríveis fjords noruegueses e para a famosa trilha de Preikestolen.

img_1496b

O que fazer no Outono / Inverno na Noruega?

Essas são as estações que normalmente os brasileiros evitam por medo do frio. Na verdade aqui é bem frio mesmo (rs), mas, como diz um ditado norueguês: “Não existe tempo ruim e sim roupas inapropriadas”. Então é preciso se agasalhar bem, vestir as roupas e acessórios certos  e curtir as atividades incríveis que só acontecem nessas estações.

O charme das caminhadas pelas montanhas e florestas para contemplar a exuberância das cores outonais. Tempeturas ainda amenas, e uma explosão de cores que com certeza renderão fotos que mais parecem pinturas!

outono4

Essa também é a época da colheita de amoras e cogumelos, ingredientes muito apreciados na gastronomia da Escandinávia.

cogumelo2

Na medida em que o fim do ano se aproxima as temperaturas vão diminuindo e os primeiros flocos de neve começam a cair é dada a largada para a temporada de esportes de inverno. Patinação no gelo, esqui, e é também muito divertido brincar como criança nos parques cobertos de neve, com trenós ou pranchas para deslizar pelos morros. Esta é uma diversão comum entre os noruegueses e, o melhor de tudo, é grátis!

foto 2

Quem vem à Noruega no inverno geralmente vem em buscca de conhecer a  fantástica Aurora Boreal, não é mesmo?  Esse fenônemo indescritível, com condições de visibilidade bem específicas, atrai pessoas de todo o mundo e é um  atração à parte. O “ballet” das luzes que colorem o céu é uma experiência mágica! Os melhores meses para ver a Aurora Boreal são entre setembro e março. As Auroras acontecem com maior frequência no norte do país.  

A Suécia também é outro local indicado para ver a Aurora Boreal. Confira aqui onde e quando ver a Aurora Boreal na Suécia.

Aurora Boreal em Tromsø

Seja qual for a sua preferência a Noruega é um lugar de paisagens e atrações inesquecíveis e tem programação o ano todo. Primavera de muitas flores e festas, verão do sol da meia noite e das trilhas imperdíveis, outono de cores incríveis e o inverno da majestosa Aurora Boreal e esportes de inverno.

E agora? Conseguiu decidir quando programar sua viagem para a Noruega?

 

 

 


  • 9

Bergen Card – uma maneira pratica e econômica para explorar Bergen

Tags : 


Bergen é uma das cidade que desperta de maior interesse para quem pensa em viajar para a Noruega. Famosa por estar cercada por uma cadeia de sete montanhas, pela beleza dos seus fiordes e da sua arquitetura peculiar. A cidade oferece diversas opções de lazer para os turistas, por isso vale comprar o Bergen Card.

Bryggen with Boats

Foto: Girish Chouhan  (visitbergen.com)

O que é o Bergen Card ?

O Bergen Card é um cartão que lhe proporcionará explorar a cidade de forma pratica e econômica. Ele funciona com um “bilhete único” que dará direito ao transporte público ilimitado e acesso gratuito a alguns museus e até mesmo descontos para outras atrações e estacionamentos.

IMG_7419

Nornalmente costumo avaliar se valem a pena esses cartões das cidades quando viajo. É o mesmo que sugiro que você faça. No meu caso valeu a pena considerando o preço das atrações que visitei e o preço do cartão. Tudo vai depender de quais atrações quer visitar e do tempo em que ficará na cidade.

Existem três opções do Bergen Card: 24 horas, 48 horas e 72 horas, e os preços (em 2016) para adultos são: 240 NOK (cerca de 26 euros), 310 NOK (33,50€) e 380 NOK (41,00€) respectivamente.

IMG_7421

Abaixo vou colocar indicação de algumas atrações gratuitas e outras que terá desconto com o Bergen Card que eu visitei, em outro post irei falar um pouco mais de cada uma dessas atrações.

  • Old Bergen  Museum (grátis)
  • Bryggens Museum (grátis)
  • KODE – Art Museums of Bergen (grátis)
  • Rosenkrantz Tower (grátis)
  • Fantoft Stave Church (grátis)
  • Fløibanen Funicular (50% de desconto)
  • Bergen Aquarium (25% de desconto)

foto-sverre-hjornevik

Foto: Sverre Hjørnevik (visitbergen.com)

Para visitar todas as atrações acima eu iria gastar 750 NOK (81,00€), e com o Bergen Card gastei o total de 470 NOK (50,80€), da seguinte forma: 240 NOK (26,00€) Bergen Card de 24 horas + 42,50 NOK (4,60€) referente aos 50% do ingresso do Fløibanen Funicular + 187,50 NOK (20,30€) referente aos 75% do ingresso do Bergen Aquarium. Uma super economia, não é mesmo?

O Bergen Aquarium foi a atração de maior custo, inclusive meus pais e meu marido, que estavam comigo nessa viagem optaram por não visitar esta atração.

Outras atrações gratuitas com o Bergen Card que não visitei, estão listadas abaixo, ou clique aqui para ver a relação completa dos participantes do Bergen Card.

  • Håkon’s Hall
  •  Bergen Contemporary Art
  •  Bergen Maritime Museum
  • The Norwegian Fisheries Museum
  • St. Mary Church
  • Natural History Museum

Como usar o Bergen Card ?

O Bergen Card deverá ser preenchido com a data e horário que utilizar pela primeira vez e terá a duração correspondente ao que foi contratado, 24, 48 ou 72 horas. O cartão é pessoal e você deverá sempre estar com ele e apresentar na bilheteria de cada atração que for visitar.

IMG_7420

Onde comprar ? 

Você pode comprar na Central de Turismo de Bergen que fica em cima do Mercado de peixe, no Porto da cidade.

Pode comprar também on-line pelo site www.visitbergen.com/bergencard

E também é possível comprá-lo em alguns hotéis da cidade.

Fique atento aos horários de funcionamento das atrações, pois no inverno costumam funcionar em período reduzido e algumas atrações não abrem, como por exemplo o Old Bergen Museum.

old-bergen-museum-bergen-city-museum-bg285_1024-foto-por-gjertrud-coutinho

Foto: Gjertrud Coutinho (visitbergen.com)

Veja também o vídeo da viagem da Gi por Bergen e fique ainda mais curioso para ver de perto a belíssima Bergen. Aperte o play e confira!

Agora me conta, quais as atrações você pretende visitar em Bergen?

 


  • 22

Nuart Festival – arte de rua em Stavanger

Tags : 

Londres, Berlim, Nova Iorque… estas são algumas das cidades em que a arte não poderia estar mais próxima das pessoas: nas ruas! O que provavelmente você não imagina é que Stavanger, na Noruega, também faz parte do grupo de lugares com esse interessante toque artístico contemporâneo. Além de ser porta de entrada para os fiordes noruegueses e ter uma incrível beleza natural, Stavanger tem ruas que chamam a atenção pelas cores vibrantes.

IMG_5071

Foto: Lidiane Albuquerque (Muro de Berlim)

Além da variedade de museus que a cidade oferece (Museu do Petróleo, Museu Arqueológico, Museu Marítimo…), Stavanger recebe o Nual Festival, um festival reconhecido entre os apreciadores de arte.

Realizado desde 2001, o Nuart Festival é uma atração internacional de arte de rua contemporânea que acontece todos os anos, geralmente no do mês de setembro. Durante o festival, acontecem exposições indoor, tours outdoor pelos murais, além de debates e oficinas de arte. O Nuart objetiva explorar e apresentar novos movimentos e artistas nacionais e internacionais do segmento da street art. É, sem duvidas, um evento dinâmico e em constante evolução.

IMG_0637

Foto: Lidiane Albuquerque (Nuart 2015)

Este ano, o Nuart Festival acontece de 8 de setembro a 16 de outubro. É possível fazer tour guiado (em inglês ou norueguês) pelas ruas da cidade e conhecer um pouco das obras e dos artistas por traz de seus traços. Os tours acontecem todos os domingos durante o festival. Há ainda a possibilidade de fazer um tour privado. O tour do primeiro domingo do festival é sempre gratuito. Ano passado, eu participei do passeio orientado e vou contar um pouquinho como foi.

 

IMG_0673

Foto: Lidiane Albuquerque – Tour de 2015

O tour gratuito tem duração média de 1h30. Fomos conduzidos pelas ruas de Stavanger e pudemos conferir dez  artes. A edição de 2015 contou com 24. No site do Festival é possível fazer download do mapa que sinaliza onde estão localizadas as obras da edição corrente.

img_7669

Mapa referente ao Tour de 2015

O tour tem partida no Tou Scene, uma antiga fábrica de cervejas do século XIX que atualmente é um centro de referência artística em Stavanger. É no Tou Scene que está a exposição coberta do festival. Aproveite que está de passagem pela área e confira a parte indoor!

 

unspecified

Foto: Ian Cox – Exibição  indoor 2015

 

Em 2016, o Nuart Festival traz 14 artistas de renome de todo o mundo. Novas pinturas, murais, instalações e intervenções estão surgindo em toda a cidade. Abaixo, a relação dos artistas participantes deste ano:

Add Fuel (PT), Axel Void (ES), Eron (IT), Evol (DE), Fintan Magee (AU), Henrik Udalen (NO), Hyuro (AR), Jaune (BE), Jeff Gillette (US), Kennardphillipps (UK), MTO (FR), Nipper (NO), Robert Montgomery (UK) and SpY (ES).

 

_DSF1836

Foto: Brian Tallmann / Artista: NIMI (Nuart 2016)

 

Informações úteis:

Visite o site do festival para mais detalhes: www.nuartfestival.no

Tour gratuito: 11 de setembro de 2016, às 14h, saindo do Tou Scene.

Street Art Tour: Todos os domingos (de 11 setembro a 16 de outubro), às 14h, partindo do Tou Scene. Custo: 100 NOK (cerca de R$40).

Exibição  indoor – quartas a sextas-feiras, de 12h às 17h / sábados e domingos, de 11h às 16h, partindo do Tou Scene Beer Halls – Kvitsøygata 25, Stavanger. Custo: 80 NOK (cerca de R$32).

Como chegar no Tou Scene:

  • Pegue o ônibus 4, saindo do centro de Stavanger sentido Rosenli, e desça no ponto Lervigtunet, cerca de sete minutos depois do embarque.
  • Para fazer o trajeto a pé partindo do centro, você vai levar cerca de 20 minutos.

 

img_7662

Foto: Lidiane Albuquerque (Nuart 2015)

Se você estiver em Stavanger em setembro, que tal aproveitar e explorar esse lado artístico da cidade ? Com certeza esse passeio lhe renderá ótimas fotos!

 

img_7717jpg

Foto: Lidiane Albuquerque (Nuart 2015)


  • 17

Preikestolen- A trilha mais famosa da Noruega

Tags : 

A trilha de Preikestolen, é uma das mais populares da Noruega, e fica bem próxima da cidade de Stavanger, a 604 metros acima do Fjord de Lyse, o Lysefjord.

Preikestolen, Pulpit Rock ou até mesmo Pedra do Púlpito, em uma tradução livre, é uma rocha que tem o topo quase plano, com aproximadamente 25 por 25 metros e uma vista de tirar o fôlego.

preikestolen26

O período mais indicado para fazer a trilha é de abril a setembro, no resto do ano também é possível fazê-la, mas o hiking se torna mais difícil e perigoso por conta da neve, já que o caminho fica  escorregadio e o dia escurece mais cedo. Sem contar o frio, do inverno nórdico, né! Prefira os meses de primavera, verão e o início do outono.

Como chegar ?

A forma mais comum de chegar ao início da trilha para a Preikestolen é pegando um ferry para Tau, no terminal de barcas Fiskepiren, que fica a uma caminhada de 10 minutos do centro de Stavanger. Ao chegar em  Tau você ainda pegará um ônibus até a base de início da trilha.

No terminal Fiskepiren você poderá comprar seu ticket ferry + ônibus por 300 NOK (cerca de 32€).

preikestolen14

Se você estiver de carro poderá dirigir para Lauvvik ou pegar o ferry também em Fiskepiren para Tau (o ferry para Tau também leva carros), e depois dirigir o trecho de Tau – Preikestolen. Na base da trilha há um estacionamento. Abaixo uma foto do ferry com os carros indo para Tau.

preikestolen20

Programando sua ida:

Quanto mais cedo você sair de Stavanger mais cedo conseguirá chegar a Preikestolen e assim ela estará  mais vazia. Durante o verão o topo fica bem disputado e fica mais difícil para tirar aquela foto incrível bem na pontinha da pedra.

preikestolen23

preikestolen11

O ferry parte de Fiskepiren a cada 45 minutos e leva 40 minutos para chegar em Tau. O onibus de Tau a base da trilha serão mais uns 20 minutos. Ou seja, até você chegar ao início da trilha vai levar um pouco mais de 1 hora. Ao comprar seu ticket você vai receber um informativo com os horários de partida.

A trilha para Preikestolen

O tempo médio do hiking até o topo da Preikestolen é de 2 horas para ida e mais ou menos o mesmo tempo na volta, por um percurso de 4 km. Não é uma trilha muito difícil e por isso vimos muitas crianças e pessoas com mais idade. Tem até cachorro fazendo a trilha.

Em alguns momentos fica cansativo pois tem bastante subidas e por isso paramos algumas vezes pelo caminho para beber água e descansar um pouco. Mas com um visual desses, nada mal fazer umas pausas estratégicas, não é mesmo?

preikestolen17

Mas também tem algumas partes planas que ajudam a dar uma recuperada no fôlego.

preikestolen19

preikestolen13

Chegando ao topo da Preikestolen você irá se encantar com a paisagem e vai se deslumbrar com a imensidão do Lysefjord. Este é o momento de contemplar o visual. Você também pode subir um pouquinho mais e ter a visão de cima da Preikestolen.

preikestolen 1

Leia também: Cruzeiro para o Lysefjord!

preikestolen12

O que você precisa saber antes de ir:

Acompanhe a previsão do tempo, pois se o tempo estiver nublado, com névoa, chovendo ou ventando muito, aconselho trocar o dia da sua trilha. Porque você pode chegar lá em cima e não conseguir ver o Lysefjord por conta da névoa. No meu caso, a primeira vez que eu fui a Preikestolen ventava muito e por isso foi muito ruim para tirar fotos e aproveitar o lugar. Olha o meu cabelo nessas fotos! (kkkkkkkkkk)

preikestolen descabelada

preikestolen29

Leve água e lanche na mochila. Lá no topo provavelmente você estará com fome pois já terá saído do hotel a mais de 3 horas e ainda terá mais umas 3 horas até a volta. Eu normalmente levo água, um sanduiche e barrinhas de cereal. No barco na ida e na volta é possível comprar lanches e bebidas

Importante  estar uma roupa apropriada, entenda-se: agasalhada e confortável para subir a trilha. É preferível usar um calçado de montanha, mas em todo caso também é possível  fazer com tenis.

Essa é uma trilha que eu recomendo muito, pois não é muito difícil e que irá te deixar ainda mais encantado com as belezas naturais da Noruega ! Mas se você não quiser se aventurar na trilha, eu recomendo fazer um cruzeiro pelo Lysefjord, eu já escrevi sobre este passeio lindo também, clique aqui para ler.

preikestolen2

E então, animados para fazer essa trilha incrível?

 


  • 18

Cruzeiro ao Lysefjord e Preikestolen na Noruega

Tags : 

A cidade de Stavanger é conhecida por ser ponto de partida para uma das trilhas mais famosas da Noruega, a Preikestolen.

Preikestolen é uma falésia de 604 metros de desnível que se ergue sobre o Fiorde de Lyse. O topo da falésia é de aproximadamente 25 por 25 metros, quadrado e quase plano. Uma das trilhas mais cobiçadas  da Noruega.

Preikestolen 1 Noruega Norway

A subida até Preikestolen só é aconselhável no período de maio a setembro, pois fora desta época a trilha fica molhada, umida ou com muita neve. Mas não fique triste, se você estiver na cidade fora deste período, é possivel fazer um cruzeiro até o Lysefjord e avistar o grandioso paredão da Preikestolen.

Como chegar ao Lysefjord na Noruega

Existem 3 empresas que oferecem o cruzeiro até Lysefjord, são elas:  Fjord Tour; Tide; Rodne Fjord Cruise.Nós fizemos o nosso cruzeiro pela Rodne Fjord Cruise. Pelo site é possível comprar os tickets que custam 450Nok (cerca de 48€ – para adultos) e 280Nok (cerca de 30€ – para criancas de 4 a 15 anos). Também existem tickets mais em conta para familia e grupos. O site está disponível em noruegues ou inglês.

Mapa do trajeto para Preikestolen Norway

Há saídas diárias que partem as 11hs do Vågen, o porto no centro de Stavanger. E lembrem-se! Os noruegueses são super pontuais. Para evitar correria chegue pelo menos com 15 minutos de antecedência pois as 11hs em ponto o barco já estará com as portas fechadas e com os motores ligados e você não vai querer ficar para trás, né?

Noruega Norway

O tour percorre os 42km do Lysefjord e tem duracão de 3hs, sendo que 2hs na ida com algumas paradas para suspiros de admiração da bela paisagem dos fiordes da Noruega e disputa pelos melhores ângulos para as lindas fotos ! O ponto alto e mais esperado, é claro, é a Preikestolen ou Pulpit Rock que fica “guardado” mais para o final do cruzeiro.

Preikestolen Noruega Norway

Todo o trajeto apresenta belas paisagens, é possível ver algumas belas cidadezinhas ou vilas pelas ilhas ao longo do caminho. As histórias do percurso  são narradas no barco em norueguês ou inglês.

Vilarejos Noruega

Durante todo passeio vimos paisagens lindas e paralizantes como a caverna Fantahålå.

caverna Fantahålå 1 Noruega Norway

E a linda cachoeira The Hengjane, que despenca das montanhas por 400mts até dentro do Fjord e o barco chega bem pertinho da queda d’água!

Lidiane Cachoeira Noruega Norway

Se você gosta de admirar lindas paisagens estes cruzeiros na Noruega são imperdíveis, concorda?


  • 0

SAS bonus challenge – weekendtrip to Bodö Norway, Part 1

Tags : 

Hi guys,

This is my first post here. I have mostly been behind the camera, arranging our trips and fixing this page and not so much writing before, but it will change, and as you may know from our Facebookpage I really like to research about how to get out as much as possible on the travels. So my topics here will be mostly about airlines, advice about cheap tickets, frequent flyer programs, hotel reviews, activities and so on, and it will be in English 😉

Norway

So to start with I will explain why we are travelling to Bodö, in Norway and how I will get extra points with SAS EuroBonus.

I started to plan this trip because SAS have a winter challenge where I could make 30000 extra SAS Eurobonus points. Good deal, isn’t it? 🙂
You can use the SAS Eurobonus points for free trips within Star Alliance. I´m planning to use the points for a business or first class trip to Asia in a year or two. So I’m collecting as much point as I can until then.

The winter challenge

The challenge was 3 return trips or 6 takeoff with SAS airplane within 2 month. So the plan was to make a six leg trip in one run!
I was searching where I could go in the easiest and fastest way without spending to much money. We also wanted to stay over the weekend to enjoy a new place and also test as many lounges we could at the airports.

I found a trip from Stockholm, Sweden to Bodö, Norway with the legs that we needed. What I knew about Bodö was not much. But I know it was in the north of Norway and it has a beautiful nature and a chance to see aurora borealis.

The trip was planned like this.
Fly to Bodö on Friday 5th of February.
Stockholm – Oslo
Oslo – Trondheim
Trondheim – Bodö

and home on Sunday 7th of February.
Bodö – Oslo
Oslo – Copenhagen
Copenhagen – Stockholm

What is Eurobonus?

EuroBonus makes your travel easier, more comfortable and more profitable!
EuroBonus is the premier loyalty & frequent flyer program in the Nordic countries. On becoming a member, you can start accumulate points on your flights, hotel stays, car rentals and even on your everyday purchases. The points can be redeemed at either SAS or many partners.

Here you can find out more about the SAS Eurobonus levels.

In the next post I will write more about our first travel day, the lounges we went to, the flights and so on.

You can follow me on Snapchat(Kifke) and Instagram(K1fke) for behind the scenes footage on this trip and many more. We are going in 2 days!

Kifke

Kifke

See you soon.


Viajar pela Europa no Facebook

Hotéis

Booking.com

Instagram

Gisele Almeida em O mundo segundo os brasileiros

Receba nossas dicas imperdíveis para a sua viagem

Promotion 468x60 468x60_reload-V2
Close