Onde se hospedar na Islândia para ver a Aurora Boreal – Hotel Rangá

0
695

Onde se hospedar na Islândia é uma questão que influencia muito a experiência do viajante, principalmente para quem visita o  país em busca de ver a Aurora Boreal.

Um dos propósitos da minha viagem era ver novamente o fenômeno. Eu já presencei duas vezes a Aurora Boreal na Suécia e o Daniel teve a oportunidade de vê-la em Svalbard, na Noruega. Por isso já temos algumas técnicas para aumentar as chances de ver o fenômeno.

Uma delas é justamente a hospedagem. Para aumentar as chances de ver as famosas Nothern Lights, o ideal é se hospedar em um local afastado de grandes cidades, o que na Islândia é quase redundante, já que a capital e maior cidade do país tem 120 mil habitantes. Mas ainda assim vale reforçar que se você quer mesmo ver a Aurora Boreal é melhor procurar lugares afastados das cidades.

Isso porque, para ver a Aurora Boreal você deve estar em um local com pouca, ou nenhuma luz artificial, o céu deve estar escuro mas não com núvens. Dentre outros fatores. Por isso existem empresas que oferecem tour guiados para caça a Aurora Boreal.

Dessa forma, se hospedar em um local que permita ver o fenônemo “sem sair de casa” é uma grande vantagem. Inclusive eu já expliquei como e quando ver a Aurora Boreal na Europa nesse post aqui.

Durante nossa viagem para  Islândia fomos convidados para nos hospedar no Hotel Rangá. Um luxuoso resort que está localizado em um dos melhores lugares da Islândia – e possivelmente do mundo – para testemunhar a aurora.

Outro detalhe importante é que o Hotel Rangá é especialista em fornecer previsões de aurora, dicas de como fotografá-la, além de um alerta noturno, em que eles te acordam (se você deixar seu nome em uma lista, obviamente) caso o fenômeno aconteça no meio da madrugada.

Assim fica garantido que você não perde a chance de ver a aurora por estar dormindo, entende? Achei super simpático oferecerem essa possibilidade.

O hotel Rangá fica localizado no Sul da Islândia e oferece suítes temáticas, com decoração inspirada em cada em cada um dos sete continentes.

Nos hospedamos na suíte da América do Sul, decorado com objetos que representam a arte e a cultura do continente. Foi a primeira vez que me hospedei em um quarto temático assim e achei uma graça.

O quarto era super espaçoso, com um banheiro também enorme e um banheira de hidromassagem e ainda disponibilizaram um berço para a Nicole.

Leia também: Como fazer tour para observação de baleias em Reykjavik.

Onde se hospedar na Islândia

O quarto também tem uma varanda com acesso direto para a parte de trás do hotel, onde ficam as jacuzzis ao ar livre, onde tomamos banhos quentíssimos, enquanto a temperatura estava -2graus e ainda havia neve pelo chão. Uma das experiência que mais gostamos e repetimos durante nossa estadia.

O café da manhã do hotel é bem estilo nórdico, com uma grande variedade de frutas, legumes, peixes e yogurts mas também o tradicional english breakfast: ovos mexidos, salsicha, feijão com molho de tomate. Além uma variedade de pães e uma máquina de waffle.

Na parte das bebidas, além de smoothies, sucos naturais, café e leite, tinha champange. Achei puro luxo! (rs)
O café da manhã é servido no restaurante do do local.

Aliás, foi no restaurante do Hotel Rangá onde tivemos o jantar mais mesmorável da Islândia. Mas essa experiência será tema do próximo post sobre o país. Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas dicas.

Os arredores do Hotel Rangá apresenta paisagens de tirar fôlego – como a Montanha Hekla, onde fica localizado o famoso vulcão, Eyjafjallajökull, que entrou em erupção em 2010 e parou o tráfego aéreo da Europa por 6 dias.

Uma ótima região para fazer atividades como hikking, snowmobile, dogsleding, mergulho, entre outras.

 

Onde se hospedar na Islândia
Jarlhettur 2009

A Nicole adorou não só o espaço e as atividades do Hotel Rangá como também nosso passeio para a montanha Hekla. Uma hospedagem memorável para toda família.

Infelizmente não foi dessa vez que tivemos a sorte de ver a Aurora Boreal na Islândia, mas pretendemos voltar ao país e certamente nos hospedaríamos novamente no Hotel Rangá.

Vale lembrar que o período propício para ver as auroras é entre os meses de setembro e março.

E você, tem alguma dica de onde se hospedar na Islândia?

Site oficial: Hotel Rangá

Créditos: As fotos desse post foram cedidas pelo Hotel Rangá

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!
468x60_reload-V2

Deixe Seu Comentário

Deixe seu comentário