De repente, 32! Sobre fazer aniversário, amizades, auto-estima e amor próprio

0
153
Foto por: @priselias

Vou confessar aqui uma coisa que vai surpreender a muitas pessoas, especialmente alguns amigos próximos. Eu não gostava de comemorar o meu aniversário!

Até os 21 anos, eu nem sequer comemorava a data. Lembro dos meus amigos de Portugal falarem sobre a importância de celebrar. Sou bem grata a eles por essa dica. Mas confesso passei a comemorar para agradá-los. Eu adoro receber amigos em casa, e o meu aniversário era, para mim, um pretexto, ou seja, uma boa desculpa para recebê-los. Neste ano, entretanto, tudo mudou! 

Na verdade, eu estou me sentindo melhor comigo mesma. É parte do processo de autoconhecimento e amor próprio que venho trabalhando faz alguns anos, desde que a yoga passou a fazer parte da minha vida. Eu me olho no espelho de uma forma diferente, me aceito, me amo e me vejo de uma forma que não conseguia há alguns anos. 

Hoje enxergo os detalhes que não estão como eu gostaria ou até as gordurinhas que talvez não precisariam estar ali. Mas eu não abro mão de me sentir e comer bem ao lado dos meus amigos e da minha filha – que come de tudo e adora participar das refeições – para entrar em um padrão.

O que também mudou foi ver o meu corpo como uma “máquina” em perfeito funcionamento, que me mantém caminhando. 

Voltando ao tema aniversário, outra coisa que também mudou foi a lembrança de que não somos imortais. Acho que talvez adquirida nas práticas de mindfulness.

Se pensamos dessa forma, cada dia é uma conquista e deve ser visto como tal. Sendo assim, celebrar mais um ano de vida é sempre um motivo justo!

Se você ainda não vê o seu aniversário como uma data importante e não se acha digno(a) de merecer o carinho e a admiração das pessoas, reflita sobre como você está se tratando. Você é um ser único e especial, e sua vida merece ser celebrada ao lado das pessoas que você ama.  

Não se trata de fazer festas luxuosas, caras e ganhar presentes, mas de receber o carinho e renovar as energias. Se sentir acolhido(a), amado(a) e querido(a) pelos seus amigos e a família. E isso enche a sua alma de alegria! Experimente!

Para os meus 32 anos tive quase um mês de comemorações. Começou com a preparação da minha celebração oficial. Marquei um jantar em um restaurante simples, mas delicioso em Estocolmo. Diferente dos outros anos, saí para comemorar. Na data do aniversário teve salgadinhos, docinhos e bolo para comemorar com minha filha, que estava toda feliz em participar da festa de aniversário da mamãe.

Foi chuva de carinho por vários dias! Mensagens carinhosas de amigos que não puderam estar em nenhuma das datas, mas que vieram me dar um abraço em outros dias da semana. Amigas que eu não via fazia meses e fizeram questão de estar comigo. 

Surpresas, amor e carinho para comemorar a minha existência. 

Escrevo esse texto com os olhos cheios de lágrimas, de alegria, por ter na minha vida pessoas tão especiais. 

Não tenha mais medo de se abrir para o mundo e celebrar a sua vida. Você merece! 

Obrigada a todos vocês, que fizeram os meus 32 anos uma data inesquecível!

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.