Como planejar uma viagem para a Grécia sem gastar muito

0
565

Olá, eu sou a Ana Noriega e fui convidada pelo Viajar pela Europa para contar para vocês um pouquinho sobre sobre a recente viagem que fiz para a Grécia. Confira:

De paisagens deslumbrantes até uma gastronomia impecável, a Grécia me surpreendeu em todos os sentidos (e minhas expectativas já estavam altíssimas).

Antes de qualquer coisa, vou te dizer uma algo que funciona para mim quando decido viajar – planeje sua viagem de acordo com aquilo que você realmente gosta e esqueça as “paradas obrigatórias” caso elas não sejam do seu real interesse. Existe muita coisa para ver e viver além dos pontos turísticos.

Meu conselho: planeje-se financeiramente. Faça uma planilha definindo o quanto você pode gastar por dia com alimentação, hospedagem, transporte e qualquer gasto extra e faça o possível para não fugir disso (isso vai te ajudar muito nas próximas viagens). No mais, mantenha-se aberto para o que a vida pode trazer para você.

Quer economizar bastante? Faça do supermercado seu melhor amigo. Na maioria deles, você encontra sanduíches, salgados e saladas + bebidas por €7. Mas é claro que você não precisa se privar se quiser comer algo sofisticado em algum restaurante – o que eu acho muito importante. Nesse caso, para comer muito bem e beber, você não vai gastar mais do que €20.

Eu estava em Roma e peguei um voo direto para Santorini, cerca de 2 horas. Ao chegar em Santorini, eu tinha duas opções: pegar dois ônibus para chegar até Oia, o que me custaria €5 e levaria 90 minutos, ou solicitar um transfer, o que me custaria €35 e levaria 25 minutos. Acabei optando pela praticidade do transfer.

Leia também: 10 fotos lindas para inspirar a sua viagem pela Grécia

Em Santorini não existe muitas opções de acomodações de baixo custo, então eu fiz uma reserva em um hotel chamado Anemomilos – um lugar incrível com uma equipe maravilhosa, além de ficar no coração de Oia. Essa vila é simplesmente deslumbrante. Tem uma paisagem inesquecível, além daquele pôr do sol famosíssimo (e todos os dias as pessoas se reúnem para aplaudi-lo).

Fiquei apenas 02 dias em Oia, e para economizar no primeiro dia comprei algumas coisas no supermercado (sanduíches, sobremesas, refrigerantes e água).

No segundo dia, reservei um passeio de barco pelas praias e para ver o pôr do sol no mar. Solicitei o serviço direto com o hotel. Eu recomendo muito fazer esse passeio. Eles te pegam no hotel e te levam para as fontes termais entre as ilhas de vulcão de lava onde você pode nadar (embora a água seja congelante), a praia branca, a praia vermelha e as rochas indianas. Está incluso um churrasco (frango, porco ou vegetariano), além de pratos tradicionais da cultura grega e bebidas o tempo inteiro. O passeio dura cerca de 5 horas e é sensacional.

Os valores na Vila de Oia ficam mais ou menos assim:

  • Sanduíches/Saladas: €7.
  • Pasta/pizza/risoto: €11.
  • Sorvete: €2,50.
  • Sobremesas em geral: €5.
  • Refrigerante/água: €3.
  • Taça de vinho/cerveja: €5.

E os meus gastos foram:

  • 2X diárias com café da manhã: €126.
  • Passeio de barco com churrasco e bebidas: €100.
  • Transfer do aeroporto/hotel e hotel/porto: €70.
  • Comidinhas no supermercado: €10.
  • Jantar com bebida e sobremesa: €18.

Em reais, ficaria mais ou menos R$1.425,60.

Leia também:10 fotos para inspirar a sua viagem para Santorini

Para ir até Mykonos, a famosa ilha do pecado, comprei uma passagem de ferry através de um site onde você encontra diversos valores e duração. Você retira a passagem no próprio porto. Honestamente, não foi uma das minhas melhores experiências. Tudo é muito desorganizado, não existe fila, as pessoas se aglomeram para entrar no ferry (isso porque tem lugar reservado), é um verdadeiro caos. E o ferry balança demais. Quem tem o estômago fraco, certamente ficará enjoado. O trajeto demorou mais do que o previsto também, mas finalmente eu cheguei em Mykonos. E do porto, eu peguei um transfer gratuito oferecido pelo hotel.

O hotel que eu reservei dessa vez, chama-se Paradise Beach Resort, e fica literalmente na praia. Paguei €84 em duas diárias com café da manhã incluso. De lá, é fácil pegar ônibus para visitar o centro da ilha ou outras praias, cerca de €4.

Em frente ao hotel, também tem um mini mercado e uma lavanderia onde você gasta €7 para lavar e secar suas roupas.

Se você gosta de festa e de gente muito animada, Mykonos é sua ilha!

Para almoçar e jantar, você vai gastar cerca de €13. Se quiser comer e beber algo não alcoólico, algo durante a tarde, cerca de €8. Existem muitas opções de comidas e bebidas, mas cuidado porque os drinks não são dos mais baratos.

Saindo do hotel em Mykonos peguei um táxi até o aeroporto (15 minutos do hotel) e paguei €20. Eles até tem transfer gratuito para te levar, mas começa após às 08H30.

De Mykonos até Atenas, comprei uma passagem de avião por €45. O trajeto dura 30 minutos.

Chegando em Atenas, era 01 de maio… e o transporte público não estava funcionando. Precisei pegar um táxi até o hostel, custou €35.

O Hostel onde eu fiquei é muito bom. Chama Bedbox, fica perto da estação de metrô e de lá você consegue caminhar por muitos pontos turísticos.

Atenas ganhou meu coração. A cidade exala arte, você vê grafites, estátuas, pinturas, ruelas encantadoras por todos os lados. O trânsito é um pouco desorganizado, então você precisa se impor para conseguir atravessar a rua. Vale a pena tirar um dia simplesmente para ficar andando por lá.

As pessoas são extremamente amáveis e acolhedoras, a comida é maravilhosa (e você ganha água e sobremesa muitas vezes), e embora eu não seja vegetariana, Atenas tem muitas opções para esse público, fugindo do convencional. É uma cidade realmente aberta para todos.

Perto do Areópago, você vai encontrar uma escadaria de pedras e subindo por elas, encontrará um lugar lindo com uma vista incrível e mais um pôr do sol maravilhoso – só tome cuidado porque as pedras são extremamente escorregadias.

Além de tudo, os museus, pontos turísticos e as feiras de Atenas valem muito a pena. E foi uma das cidades mais “baratas” para onde eu fui.

Algo como:

  • €35 – transfer do aeroporto até o hostel.
  • €36 – 2X diárias sem café da manhã.
  • €5 – comidinhas no supermercado.
  • €11 – café da manhã nos dois dias.
  • €20 – almoço (muito farto) nos dois dias.
  • €10 – jantar (somente um dia)
  • €10 – bilhete especial de metrô até o aeroporto.
  • €1,50 – café/cappuccino
  • €0,15 – água de 300ml.
  • €2,00 – lata de refrigerante.


Sobre viajar:

Uma vez que você já está na cidade, existem coisas para fazer que se encaixam em todos os bolsos. Defina suas prioridades e terá experiências maravilhosas sempre!

E você já visitou a Grécia? Conta pra gente nos comentários.

Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel!

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.