Category Archives: Grécia

  • 0

5 motivos para você incluir Creta na sua viagem pela Grécia

Descubra porque a ilha de Creta é uma visita imperdível na sua viagem pela Grécia!

Geralmente uma viagem à Grécia começa pela capital Atenas, já que na maioria das vezes é mais viável encontrar voos para lá. Mas acredito que uma viagem à Grécia não estaria completa sem uma visita a algumas das ilhas do país.  Ainda mais em se tratando de Creta, a maior ilha da Grécia, habitada desde a pré-história e que mantém até hoje seu caráter bucólico.

O lugar é tão pitoresco que parece que somos transportados de realidade.

5 motivos para incluir Creta na sua viagem pela Grécia

1- Um paraíso perfeito para se desconectar

Visitar Creta é um verdadeiro retiro; a ilha é um verdadeiro recanto onde podemos experimentar uma vida sem o barulho do trânsito nem a perturbação das atualizações das redes sociais nos telefones, até porque apenas pontualmente  encontramos wi-fi nos restaurantes e em outros estabelecimentos.

Balos Lagoon

Para mim o encanto da ilha é justamente se desconectar e se dar ao luxo de aproveitar a natureza acompanhado por um bom vinho e pela simples e deliciosa comida grega.

2- Comida deliciosa e saudável

Um dos pratos mais apreciados da Grécia é a famosa salada grega, preparada com tomate, azeitonas, pepino e queijo feta, levando azeite e orégano como temperos. À primeira vista parece muito simples, mas os ingredientes frescos, produzidos na própria ilha, conferem a ela um sabor inigualável.

 

Você vai esquecer que já experimentou qualquer um desses ingredientes. Além de delicioso é super saudável.

Leia também: Onde se hospedar em Creta

3 – As praias mais parecem piscinas

Águas cristalinas, com ótimas temperaturas, quase sem ondas e não ficam muito cheias mesmo na alta temporada. Tudo mais que perfeito para aproveitar o verão na Grécia.

Viagem pela Grécia

4 – Os jantares mais parecem festas

Em Creta temos a possibilidade de participar de jantares  dançantes: música ao vivo, dança folclórica e os bailarinos sempre te convidam você a fazer parte do show. Em poucos minutos, o menor dos restaurantes se torna uma animada pista de dança.

Viagem pela Grécia

Para mim um dos momentos mais inesquecíveis das viagens para Grécia.

5 – A Ilha é enorme e tem atividade para todos os estilos 

Quando se viaja para uma ilha podemos pensar que o tédio pode tomar conta depois de alguns dias “apenas” entre praias e piscinas. Mas em Creta é possível fazer diversos tipos de atividades: de aventura a passeios culturais ou atividades de aprendizado.

Viagem pela Grécia

Eu já fiz mergulho, passeio de barco e trekking para visitar ruínas da Grécia antiga. Impossível não encontrar em Creta atividades que agradem a todos. 😉

Agora me conta, o que mais te encanta em uma viagem pela Grécia?

Aproveite as ofertas da TAP e marque já sua próxima viagem pela Europa! Promotion 468x60
Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel! 468x60_reload-V2

  • 0

Balos Lagoon um paraíso localizado em Creta – Grécia

Que a Grécia é o meu lugar favorito para passar o verão na Europa não é segredo mas, dentre os meus lugares preferidos no país a Lagoa de Balos, (Balos Lagoon) com certeza merece destaque.

Balos Lagoon

A lagoa de Balos, localizada em Creta, a maior ilha grega é uma praia que tem uma areia branquinha, uma água incrivelmente azul-turquesa, super transparente.

Outra particularidade é que por conta das rochas ao redor do local, a praiaa fica “protegida” do vento e por isso quase não tem ondas, tão calma que parece uma pisciana. Detalhe importante para quem viaja com  crianças pequenas.

https://bridesmaid.design/

O lugar é tão especial que já foi escolhido como destino de férias pela Princesa Diana. Por essa fotos de encher os olhos nós conseguimos entender o motivo, não é?

Como chegar a Balos Lagoon?

A famosa Lagoa de Balos está localizada aproximadamente a 56km de Chania, e está acessível de barco ou de carro.

De carro:  Partindo de  Chania você deve seguir para a vila de Kalyviani pela Via E65. Uma vez em Kaliviani você precisa seguir as placas para a praia de Balos. Depois de cerca de 10Km vai chegar em uma estrada de terra. Seguindo as indicações você vai chegar ao parque de estacionamento onde terá que deixar o carro. A partir daí terá que seguir caminhando. E

Esse paraíso chamado Balos estará a  cerca de 30 minutos a pé do estacionamento.

Balos Lagoon

De barco: Há várias empresas que fazem cruzeiros diários a Balos partindo do porto de Kissamos. A viagem começa em Kissamos, na parte da manhã e durante o percurso faz uma paragem em Gramvousa. Local que tem uma bela praia e também as ruínas de um castelo super charmoso.

Veja só a vista de encher os olhos que temos do Castelo de Gramvousa a caminho de Balos Lagoon.

Balos Lagoon

Quando fiz a viagem de barco para Balos Lagoon a Nicole tinha apenas 9 meses, o que significa que fiz a trilha para o Castelo de Gramvousa carregando-a no Ergobaby (canguru). Mas garanto que cada gota de suor valeu a pena. Eu amei a experiência. Viajo com minha filha desde que ela tem 2 meses de idade e não deixo de fazer praticamente nenhuma atividade nas minhas viagens por conta dela. Mas isso é assunto para outro post. 🙂

A viagem até Balos é super animada. O barco, na verdade um ferry, não é dos mais novinhos mas têm música e um restaurante/café. Portanto podemos ir nos distraindo com alguns petiscos e bebidas pelo caminho.

A comida do barco não é uma brastemp, se é que me entende, além disso a Balos Lagoon é praticamente deserta então não se encontram ali bares e restaurantes. Por isso o mais aconselhável  é levar seu próprio lanche.

Você vai reparar que muitas pessoas levam seus petiscos. E, vamos combinar que um picnic com essa vista não é nada mal, não é?

Leia também:  Como chegar a Navagio – a praia mais incrível da Grécia

Mas por que visitar Balos Lagoon?

As rochas no limite do mar fazem com que essa bela praia tenha a aparência de uma lagoa. O que a torna uma atração  imperdível é também a incomparável tonalidade azul-turquesa da água e a calmaria que dá a ela um aspecto de piscina natural. Chama atenção ainda a areia fina, que em alguns lugares apresenta uma exótica cor rosada devido às conchas esmagadas.

Balos Lagoon

Traduzindo em outras palavras a Lagos de Balos podia facilmente ser chamada de um pedaço do paraíso.

Balos Lagoon

De acordo com dados da Empresa Cretan Daily Cruises, que opera os ferrys com destino a Balos, durante os meses do verão europeu, cerca de 1,5 mil turistas visitam Balos e a Ilha Gramvousa todos os dias.

O que quer dizer que a praia pode estar completamente cheia durante o verão na Europa. Mas não se preocupe, que o sentido de “cheio” para as prais europeias não se pode comparar com Copacabana em alta temporada, entende?  Vale a visita!

Balos Lagoon

E você, tem alguma praia favorita para aproveitar o verão na Europa?

 

 


  • 1

Panos Emporio e uma revolução na moda praia para homens!

Tags : 

A marca Panos Emporio de Estocolmo lançou recentemente a coleção Meander, que já pode ser considerada uma revolução nas coleções masculinas de moda praia. O modelo foi criado pensando na elegância e no conforto dos homens em viagem para a praia.

O conceito da peça partiu de um dilema masculino: como se sentir confiante, confortável e, ao mesmo tempo, pegar aquele bronzeado?

Até o momento, as opções eram: de um lado, uma bermuda confortável, mas longa (o que impossibilitava o bronzeamento das coxas e os deixava com aquele ‘efeito zebra’, digamos assim, rs); e, do outro, uma sunga, muitas das quais apertadas e desconfortáveis, não é mesmo, meninos? E, convenhamos!, férias são para ser aproveitadas com tudo que se tem direito.

Panos Emporio - Meander - Estocolmo 2

Para os que optam por bermudas, a solução improvisada é justamente levantar a peça para pegar uma corzinha nas coxas. Aqui em casa mesmo já discuti algumas vezes com o Daniel a questão da coxa branca. kkkk  E, pelo visto, até o Zlatan sofre com esse mal.

Até o Zlatan Ibrahimović passa por isso. rs Foto: divulgação

Foto: divulgação

Pensando justamente nesse dilema masculino, a marca Panos Emporio de Estocolmo lançou Meander, esse short de praia com um zíper escondido que pode ser aberto dos lados e preso na parte superior do short. Ao abrir os zíperes, os homens terão plena mobilidade  para praticar esportes aquáticos e todo o conforto para andar na praia.

Panos Emporio - Meander - Estocolmo

Já sei, vocês também estão aí pensando. Por que ninguém inventou isso antes?

“Com Meander já não é preciso escolher, pois temos o melhor de dois mundos: um design elegante e um recurso conveniente que nos permite obter a plena mobilidade, conforto e bronzeado sem as listras estilo zebras nas coxas”, comenta o criador e proprietário da marca, Panos Papadopoulos.

Panos Emporio - Meander - Estocolmo 1

Eu achei a ideia super bacana e já sei qual vai ser o presente de aniversário do Daniel 😀

E vocês meninos, usariam o meander?


  • 15

Conheça Navagio: a praia mais incrível da Grécia

Várias bloggers brasileiras, que moram na Europa, estão fazendo uma blogagem coletiva, em que cada uma apresenta seu destino predileto ou sua dica imperdível para aproveitar o verão europeu em seus respectivos blogs. E nós claro, vamos estamos participando. E escolhemos apresentar tudo que você precisa saber para  visitar Navagio, a praia mais incrível da Grécia. 

Navagio

A Grécia é um verdadeiro paraíso, o lugar tem uma quantidade incontável de ilhas de cair o queixo. Por isso, escolher a praia mais bonita do país não é tarefa fácil para ninguém. Mas a praia de Navagio, em Zakynthos, rouba os corações dos viajantes mais exigentes com essa beleza avassaladora. Por isso vim aqui contar tudo que você precisa saber para chegar até esse  paraíso. Vamos lá?

Nvagio 3

Zakynthos é uma ilha que fica no mar Jônico e Zante é sua maior cidade. A praia de Navagio fica a apenas 35km de Zante. Ela é circundada por um enorme paredão de pedra calcária que, na verdade, é uma caverna aberta de águas absurdamente cristalinas.

DSCN2586

Como Chegar

Você pode chegar a Zakynthos a partir de Atenas de avião pela Olimpc Air. Ainda há a opção de ir de  ônibus até o porto de Kyllini pela empresa KTEL e de lá você precisará pegar uma balsa até Zante, Zakynthos. Como nós estávamos em uma viagem de carro pela Grécia, pegamos só a balsa. Ficamos em Zante porque é mais central e cheia de bares e restaurantes.

Agora vamos ao caminho para Navagio? A sua primeira parada deve ser no mirante. Até aqui é possível chegar de carro. Você vai encontrar no google maps como “Shipwreck view“. E vocês acreditam que esse lugar é ponto para Base Jump? Quem também teria coragem de se jogar aqui do alto?

IMG_4306

O mirante é lindo, mas não deixe de seguir pela trilha do lado direito ou esquerdo para se apaixonar ainda mais por esse lugar fantástico. A vista daqui é tão incrível que nenhuma foto faz jus à beleza desse lugar, é milhares de vezes mais lindo do que essas fotos bonitonas. Dicas extras: o lado direito é mais fácil de seguir e cuidado com as abelhas!

Navagio_1

Leia Também: Mergulhar em Creta, uma aventura inesquecível!

IMG_4293

Hora de ir à praia de Navagio! Para chegar lá, só há um jeito: barco. As embarcações saem do porto de  Agios Nikolaos ou do porto de Vromi.  O passeio de barco até Navagio é maravilhoso e vale muito a pena.

Navagio 5

Normalmente, as embarcações dão uma hora para os turistas aproveitarem esse lugar maravilhoso. A praia não é grande, caminhe por todos os lados, escute o mar batendo nas pedrinhas. É super relaxante!

IMG_4376

Por falar nisso, essa praia não é de areia, mas de pedras. Então, leve sapatilhas de praia/cachoeira que podem ser molhadas. Acredite, você vai precisar! Eu quase morri sem elas porque as pedrinhas machucam muito haha.

Navagio_2

Uma atração à parte é o navio que contrabandeava cigarros na década de 80, apelidado de Shipwreck. Ele naufragou nesse paraíso e continua encalhado na areia. Além da história interessante ele é super fotogênico.

11061289_1104847079532025_5256229261299899148_n

A cor azul turquesa desse mar é impressionante. Não tem efeito nenhum nas fotos que postei aqui, a cor é assim mesmo #nofilter. Só tem um pequeno “porém”, a água é muito gelada! Só os corajosos encaram (rs). Mas se eu fosse você, não perderia a oportunidade única de conhecer a praia mais incrível da Grécia de jeito nenhum.

Navagio

E você, também ficou com vontade de colocar esse paraíso na sua bucket list?

 

Veja o destino predileto de outros blogs RBBV

Quanto lugar lindo para ver na Europa! 😀

Geral

De Café por Barcelona- Bebidas del Verano

Alemanha

Agenda Berlim- Verão em Berlim: vem ver os eventos que vão rolar na cidade 

Pelo Mundo Blog- Mainau, a ilha das flores 

França

Itália

Milão nas Mãos- O verão na Itália 

Portugal

Reino Unido


  • 0

10 motivos para você amar Atenas

Tags : 

Todas aquelas histórias dos deuses que aprendemos na escola ganham vida quando fazemos uma viagem para Atenas. A cidade é repleta de mitos que ainda fazem parte do cotidiano dos gregos e basta estar atentos aos detalhes que facilmente encontramos objetos e memórias da mitologia grega!

Por isso eu resolvi listar por aqui as experiências marcantes que vivi por lá para  que você também tenha vários ótimos motivos para amar Atenas!

O grandioso Pathernon, templo da deusa Athena.

O grandioso Pathernon, templo da deusa Athena.

10 motivos para você também amar Atenas.

1 –Sobrevoar Atenas já é indício de uma viagem incrível!

O encanto por Atenas começa logo na chegada a cidade. Sobrevoar a Grécia é uma das experiências mais incríveis para os viajantes da Europa. A noite uma imensidão de luzes douradas nos faz dar asas à imaginação, e ficamos curiosos para saber o que vamos ver na cidade. Durante o dia o incrível azul das águas do mar  já anuncia as belíssimas praias que vamos encontrar visitar. Lindooo!

2 – Café gelado para refrescar o calor!

Eu tiro meu chapéu para quem inventou o frappé (rs) o café gelado da Grécia.  Uma das grandes dificuldades para amantes de café, como eu, é tomar sua dose diária de cafeína nos quase 40 graus do verão da Europa. Mas com o refrescante frappé esse problema está resolvido. Além de refrescante, recarrega as energias e é um delícia!

Delícia tomar um frappé com essa vista maravilinda para Atenas!

Delícia tomar um frappé com essa vista maravilinda para Atenas!

3 – As estações de metro são verdadeiros passeios culturais!

A cidade inteira respira história e você vai ver objetos históricos encontrados durante as escavações para a cosntrução das linhas de metro de Atenas. Aproveite o tempo entre uma viagem e outra para aprender um pouco mais sobre a história de cada um desses ítems. Andar de metro nunca foi tão educativo!

Objetos em exposição no metro de Atenas.

Objetos em exposição no metro de Atenas.

4 – Comprinhas em feiras típicas!

Os gregos são ótimos negociantes, ainda mais em tempos de crise! Então fazer comprinhas de artigos artesanais no bairro Plaka de Atenas se torna uma interessante experiencia. Ótima desculpa para bater um papo e aprender um pouco mais sobre a cultura local!

O mercado de frutas é um boa pedida para conversar e conhecer um pouco o cotidiano de Atenas. Foto por: My Athens

O mercado de frutas é um boa pedida para conversar e conhecer um pouco o cotidiano de Atenas. Foto por: My Athens

5 – Oportunidade de saber sobre o seu futuro saboreando um copo café grego!

Os gregos são muito supertisciosos e muitos deles ainda acreditam na existência dos deuses da mitologia grega e ainda consultam os horáculos. Por isso ainda existe quem leia o futuro borra do café. Para isso você tem que experimenter o típico café grego, que é preparado de uma forma bem particular. Os grãos de café são moídos até ficarem com a expessura de uma farinha e depois é fervido juntamente com a água e servido sem passar por nenhum tipo de filtro. Mesmo se não quiser saber sobre o futuro (rs), vale a pena experimentar o café grego, é no mínimo diferente!

6 – Visitar a Acropóle é como reviver o passado dos deuses!

A acrópole de Atenas é com certeza o lugar mais incrível para ser visitar na cidade. Ali você vai fazer uma incrível viagem ao passado. Ver de perto o famoso Pathernon, templo construído em homenagem a deusa Athena. Além da arquitetura impressionante é do alto da acrópole que temos uma das vistas mais incríveis para Atenas e onde podemos assistir a um por do sol mais que magnífico!

Por do sol na Acrópole. Um dos momentos mais incríveis de uma viagem para Atenas.

Por do sol na Acrópole. Um dos momentos mais incríveis de uma viagem para Atenas.

7 – Andar pela cidade é como passear por um livro de história!

 Cada canto da cidade esconde um pedaço da história milenar da Grécia, sendo um dos locais mais exóticos para se visitar na Europa. Onde mais você vai poder assistir a um show no Teatro de Dionísio,  visitar a escola de Platão ou tirar uma selfie com o templo de Atenas como plano de fundo?

O imponente Teatro de Dionísio visto da Acrópole de Atenas.

O imponente Teatro de Dionísio visto da Acrópole de Atenas.

8 – Comer bem por um preço justo!

A Grécia é um dos países com custo de vida mais baixo da Europa. Com a crise o turismo é uma oportunidade para os comerciantes diblarem a difícil situação econômica que o país enfrenta. E uma das formas encontrada é oferecer produtos e serviços por um preço baixo. Em Atenas, e em toda a Grécia, você vai experimentar pratos típicos por um ótimo custo-benefício. Comer bem pagando pouco? Amoooo!

Churrasco grego um prato que com certeza você deve provar em Atenas. Delicous!

Churrasco grego um prato que com certeza você deve provar em Atenas. Delicous!

9 – A comida grega é simples e deliciosa!

Só de pensar em gyros e salada grega me dá uma vontade de voltar voanda para a Grécia! Saladas, churrasco, moussaka e cozidos. Pratos simples mas com tempero e sabor inigualáveis. Sem contar os doces que em muitos casos são vendidos à quilo nas padarias da cidade.  Viajar para Atenas é esquecer da dieta!

Viajar para Atenas é esquecer da dieta! Só delícias!

Viajar para Atenas é esquecer da dieta! Só delícias!

Nesse post aqui contei como fizemos um jantar só de  sobremesa em Atenas #gordices haha

10 – Atenas é o ponto de partida para as incríveis ilhas da Grécia!

Atenas é a porta de entrada para visitar as mais incríveis ilhas gregas. De lá partem barcos para Santorini, Mykonos e Creta. As companhias aéreas low cost, como a Ryanair, também fazer esses trajetos. Na foto abaixo a incrível Balos Lagoon, que fica na ilha de Creta, uma das praias mais incríveis da vida!

A incrível Lagos de Balos na Ilha de Creta. Um dos lugares mais lindos da Grécia.

A incrível Lagos de Balos na Ilha de Creta. Um dos lugares mais lindos da Grécia.

E você, qual motivo te fez amar a Grécia?

Leia também: O que visitar em Atenas; O que visitar em Creta.


  • 0

Roteiro de um dia em Atenas

Atenas foi  uma das cidades que visitamos na nossa viagem de verão pela Europa em 2015. Ficamos apenas duas noites e um dia, foi tipo visita de médico, sabe? O  destino final dessa viagem era a nossa amada Ilha de Creta, então o tempo foi super corrido, mas deu para visitar todas as atrações que planejamos.

Look comfy para um passeio pela Acrópole de Atenas.

Look comfy para um passeio pela Acrópole de Atenas.

Atenas é uma cidade enorme, são mais de 3 milhões de habitantes, então para uma estadia curta é preciso muito planejamento e disposição para conhecer alguns dos pontos mais famosos.

Incrível essa vista da Acrópole para Atenas.

Incrível essa vista da Acrópole para Atenas.

Para quem pretende ficar pouco tempo em Atenas a escolha do local da hospedagem é fator essencial para otimizar os passeios. Na nossa rápida visita nos hospedamos no Bairro Attiki e o hotel  que escolhemos era relativamente próximo a uma  estação do metro.

O aspecto principal para a escolha da hospedagem foi o acesso ao aeroporto. O ônibus do aeroporto para o centro de Atenas tinha uma parada bem em frente ao hotel, o que facilitou muito nossa chegada, já que e viajamos a noite.

Nesse post aqui a Naiara já contou como ir do aerporto para o centro de Atenas.

Roteiro para um dia em Atenas

O nosso dia em Atenas começou com um café tipicamente grego no terraço do A for Athens, um hotel que fica localizado bem no centro da cidade. O bar do hotel fica aberto ao público, mesmo para quem não está hospedado por lá. Além de saborear um frappé delicioso tivemos essa vista incrível para a soberana Acrópole. Lugar lindo para começar o dia, não acham? O A for Athens fica bem ao lado da saída da estação central Syntagma.

Vista do A for Athens para a Acrópole.

Vista do A for Athens para a Acrópole.

Aproveitamos esse momento para planejar o nosso dia pela cidade com a ajuda da querida Theodora Kappou, guia do projeto “My Athens” , indicada pelo escritório de Turismo da Cidade de Atenas.

Estádio Olímpico de Atenas: Do hotel partimos para o Estádio Olímpico, o complexo, que foi completamente renovado para as Olimpíadas de verão de 2004, mas que agora está meio abandonado. Essa visita nos decepcionou pois o local está bem descuidado e dizem que é devido aos cortes de gastos públicos por conta da crise na Grécia.

Arcos do Estádio Olímpico de Atenas.

Arcos do Estádio Olímpico de Atenas.

Então se você estiver planejando uma visita ao Estádio Olímpico de Atenas  confira se estará em época de  algum evento, se não for o caso eu excluiria essa atração da lista. Para quem tem pouco na cidade o lugar fica fora de mão, cerca de 30 minutos partindo do centro de metro, as estações mais próxima são Irini ou Neratziotissa, e não tem nenhuma outra atração turística para se visitar próximo ao estádio.

Para não perder a viagem completamente fizemos poses nos arcos do Estádio Olímpico de Atenas.

Para não perder a viagem completamente fizemos poses nos arcos do Estádio Olímpico de Atenas.

Almoço típico grego

Voltando do Estádio Olímpico fomos almoçar no centro. A Theodora nos levou a um restaurante bem típico da cidade, fora do burburinho do centro turístico. Um lugar do jeito que eu amo: aconchegante, comida típica deliciosa e frequentado por locais.

Escolhemos o prato “Mixed Grill”. Eu já contei a minha experiência meio traumática com um mix-churrasco em Creta, mas dessa vez foi diferente.

Prato gigante de churrasco grego em Atemas.

Prato gigante de churrasco grego em Atemas.

A Theodora nos explicou que esse prato varia de acordo com a região: em Atenas trata-se de uma mistura de várias carnes (frango, carneiro, porco…) e em Creta é mais uma mistura de várias partes do cordeiro.

No menu dizia que o mix-grill servia 4 pessoas, mas eu garanto que era para mais… Gente, era tanta comida que sobrou muito e éramos quatro!

Experimentando o mix-grill de Atenas.

Experimentando o mix-grill de Atenas.

Parlamento Grego: Depois do almoço nossa ideia era visitar a Acrópole mas como estava muito calor decidimos passear  pelos arredores do Parlamento grego. O edifício é famoso, pois é sempre em frente a ele que acontecem os protestos contra as medidas de austeridades para conter a crise na Grécia.

Parlamento grego em Atenas.

Parlamento grego em Atenas.

Lojinhas típicas: Visitamos também algumas lojinhas típicas, pois queria esperar até as 17 horas para subir para a Acrópole sem derreter no sol. Foi assim que conhecemos a “Mastiha”, um produto natural, tipicamente grego que serve para fazer vários tipos de  produtos. Desde cosméticos a massas e doces.

Cosméticos à base de mastiha vendidos em Atenas.

Cosméticos à base de mastiha vendidos em Atenas.

Vendem também chiclete de mastiha por toda a Grécia, para quem quiser experimentar. Tem um gosto bem diferente, eu gostei! 😀

Mousse de mastiha com sabor de chocolate e baunilha. Delícia!

Mousse de mastiha com sabor de chocolate e baunilha. Delícia!

Visita à impontente Acrópole

Acrópole é o nome dado ao ponto mais importante de uma cidade grega, local  que antigamente era o refúgio dos habitantes em caso de ataques às cidades e ponto de observação militar para prevenir esses ataques. Os gregos também costumam construir templos religiosos dedicados aos deuses na Acrópole.

Por isso preparem para a subida! São pelo menos 30 minutos de caminhada para chegar até a famosa Acrópole de Atenas e não tem outro meio de transporte, é andando com fé que se chega ao topo, literalmente!

Templo de Atenas!

Templo de Atenas!

Teve um momento que eu pensei que não iria aguentar mais. Eu não sou fresca para andar, adoro turistar a pé e descobrir cada cantinho das cidades que visito, mas estava muito calor. Sem contar da nossa bagagem extra de 10kg, a nossa princesa mini viajante Nicole. Já era o fim do dia e quase que desisti!

Aproveitando a pausa para fazer fotos de família em Atenas.

Aproveitando a pausa para fazer fotos de família em Atenas.

Mas no fim valeu a pena, sentei, descansei por uns minutos, tomei água e fiquei super feliz de ter superado o cansaço para conhecer esse lugar incrível!

Comemorando o passeio pela Acrópole de Atenas com minha princesa!

Comemorando o passeio pela Acrópole de Atenas com minha princesa!

A vista da Acrópoles para Atenas é fantástica. Adorei conhecer os lugares por onde passaram os deuses da Grécia ainda mais com as explicações super interessantes da Theodora.

Poses com a querida Theodora Kappou, nossa guia em Atenas.

Poses com a querida Theodora Kappou, nossa guia em Atenas.

Teatro de Dioníso visto - Acrópole de Atenas.

Teatro de Dioníso visto – Acrópole de Atenas.

Essas curiosidades sobre a história de Atenas serão tema para um novo post. Não vou entregar todo o ouro assim de bandeja! Haha

Vista da Acrópole para Atenas!

Vista da Acrópole para Atenas!

Comprinhas no bairro Plaka

Bairro Plaka: A nossa visita a incrível Atenas terminou no  bairro Plaka, um lugar super badalado que fica aos pés da Acrópole. É ali que ficam as lojas de artesanato, restaurantes e cafés. É o ponto de encontro de turistas e moradores. Lugar ideal para jantar ou fazer umas comprinhas. Os gregos são bons negociantes, por isso vale sempre a pena pechinchar.

O bairro Plaka de Atenas é super charmoso e super movimentado.

O bairro Plaka de Atenas é super charmoso e super movimentado.

Finalizamos nossa curta a visita a Atenas ali mesmo no buchicho no bairro Plaka tomando sorvete de yogurt grego, bolo de frutos silvestres e a deliciosa baklava. E esse foi o nosso “jantar” só de sobremesa . Afinal, turista não faz dieta, não é mesmo? 😀

Baklava - doce típico da Grécia.

Baklava – doce típico da Grécia.

Gostaram das dicas? Comenta vai!

Leia também: O que visitar em Creta, Onde se hospedar em Creta, Mergulho em Creta.


  • 0

Mergulhar em Creta

Tags : 

A Ilha de Creta, na Grécia, é o nosso destino favorito para o verão na Europa. Vilas acolhedoras, paisagens lindas,  a comida grega deliciosa e as praias que além de lindas são um convite ao relax, longe desse mundo ultra-conectado. Estar off-line é mesmo um luxo hoje em dia, né?

Amamos essa tranquilidade de Creta.

Amamos essa tranquilidade de Creta.

Esse ano eu tinha um desafio pessoal a cumprir na minha viagem para Grécia. Desde que coloquei meus pés em Creta pela primeira vez eu prometi para mim mesma que iria superar o meu medo de água e mergulhar. O Daniel é mergulhador certificado e  foi meu grande incentivador dessa aventura!

Quem me conhece sabe que esse seria um grande desafio, porque primeiramente eu teria que aprender a nadar. Então nesses 2 anos que se passaram desde a última viagem a Grécia, eu me dediquei e aprendi os conceitos técnicos da natação. Portanto eu aprendi a nadar certo?

Em teoria sim, mas na prática a história é outra… Porque na verdade o que me impede de aprender a nadar é a fobia da água.

Até a Nicole tem menos da água do que eu. haha

Até a Nicole tem menos da água do que eu. haha

Para vocês entenderem eu nado relativamente bem até o momento que eu sinto que “não tenho mais pé”, daí o medo toma conta de mim, e puff! Esqueço as técnicas de respiração, perco a coordenação motora e pronto! Glub… Glub… Glub…

Mas durante esse tempo eu treinei e acho que minhas habilidades de nadadora melhoram bastante. Então eu embarquei rumo a Creta decidida que esse ano eu iria mergulhar. Sim, eu sou muito determinada digamos que teimosa mesmo!

Mergulhar em Creta com a Blue Adventures Diving

Escolhi a empresa Blue Adventures Diving para o meu primeiro mergulho em Creta, e a escolha da empresa de mergulho foi principalmente por sua localização, em Chania, a segunda maior cidade de Creta. O escritório dessa companhia de mergulho fica localizado nas imediações do Hotel Christina e da praia de mesmo nome.

Parte teórica do curso de mergulho da Blue Aventures Diving de Creta.

Parte teórica do curso de mergulho da Blue Aventures Diving de Creta.

A praia Christina é super tranquila, ideal para descansar e tomar um frappé depois da experiência embaixo d’agua.

Praia Christina em Chania,na Ilha de Creta.

Praia Christina em Chania,na Ilha de Creta.

O primeiro mergulho de qualquer ser humano que queira se aventurar no fundo do mar começa com um curso teórico em terra, em que serão apresentados os códigos a serem usados para comunicação dentro d’agua. É nesse curso que você vai se familiarizar com o equipamento, aprender os procedimentos de segurança e as técnicas de comunicação durante o mergulho.

Curso básico de mergulho em Creta.

Curso básico de mergulho em Creta.

Na Blue Adventures Diving de Creta o curso começa com a apresentação de um filme de 30 minutos , logo a seguir é feito uma prova escrita para testar se você aprendeu tudo sobre os procedimentos de segurança para o mergulho em mar aberto. Depois do teste, se passar é claro (brincadeirinha! rs) é hora de conhecer e vestir o equipamento.

Os instrutores da Blue Adventures Diving vão te explicar como utilizar todo o equipamento, e preparem-se! A “roupa” é difícil de vestir e super pesada, cerca de 17kg, e você vai ter que carregar até o spot do mergulho.

A roupa é essencial para manter a sua temperatura embaixo d’agua;  o pé de pato é o responsável pelo seu movimento; a máscara sua melhor amiga, pois protege o nariz e os olhos e o mais importante: o cilindro de oxigênio.

Pronta para o mergulho em Creta. Será? >D

Pronta para o mergulho em Creta. Será? >D

Devidamente equipados é hora de treinar suas habilidades, de respirar embaixo d’agua utilizando o equipamento, experimentar seus movimentos com o pé de pato e principalmente sua capacidade de concentração e atenção para seguir as instruções dadas pelo mergulhador profissional que vai te acompanhar nessa aventura.

Testando as técnicas de mergulho em Creta. Foto: Blue Adventures Diving

Testando as técnicas de mergulho em Creta. Foto: Blue Adventures Diving

Mergulhar não é nadar

Eu estava pronta para desistir dessa “loucurinha” a qualquer momento, afinal essa poderia ser uma brincadeira perigosa. Mas meu medo foi diminuindo porque a boa notícia, para quem ainda não sabe nadar direito como eu, é que “Mergulhar não é nadar” portanto saber nadar não é pré-requisito para praticar o esporte.

Daniel meu instrutor particular de mergulho :D

Daniel meu instrutor particular de mergulho 😀

Nessa minha aventura de mergulho em Creta fui informada ainda que até mesmo os cadeirantes estão aptos a experimentar esse incrível mundo  novo do mergulho. Com técnicas diferentes, claro! Mas é possível sim, viajantes!

Por mais que eu já estivesse bastante tranquila, com toda a teoria, “a hora do vamos ver” seria quando eu entrasse no mar. Afinal é embaixo d’agua que me vem o pânico e temos que saber respeitar nossos limites, certo?

Incrível mergulhar em Creta e ver estrelas do mar!

Incrível mergulhar em Creta e ver estrelas do mar!

Mas gente, graças a simpatia do John Depp, da Blue Diving Adventures, esse pânico de ficar sem pé embaixo d’agua simplesmente desapareceu. E a cada metro que descíamos embaixo do mar incrivelmente azul de Creta, eu via um mundo completamente novo diante de mim, tudo parecia mágico.

Peixes lindos no fundo do mar de Creta.

Peixes lindos no fundo do mar de Creta.

Com o equipamento de mergulho você vai respirar normalmente embaixo d’agua, como se tivesse nascido para isso, sem segredo! E você vai perceber isso quando estiver praticando na piscina, antes de mergulhar no mar. Não há o que temer.

No fundo do mar azul de Creta.

No fundo do mar azul de Creta.

O único probleminha que eu tive durante o mergulho foi a pressão no ouvido, situação que aprendemos a controlar no curso da Blue Diving Adventures.

Para quem por aí também não sabe nadar, mas sonha  em mergulhar em Creta, eu super recomendo a equipe da Blue Diving Adventure. Os instrutores foram os responsáveis por me tranquilizarem, me ajudaram a perder o medo de ficar embaixo d’água e eu tive uma das aventuras mais incríveis da minha vida!

Instrutores queridos da Blue Adventures diving de Creta.

Instrutores queridos da Blue Adventures diving de Creta.

O meu próximo desafio agora é fazer o curso completo de mergulho para que eu possa estar apta a mergulhos mais avançados como profundezas de 20 metros ou mais e cavernas. Quem também acredita que eu vou conseguir?

Comemorando o sucesso do mergulho em Creta!

Comemorando o sucesso do mergulho em Creta!

E você já mergulhou? Conta como foi! 😀

Leia também: Onde se hospedar em Creta; O que fazer em Creta, O que visitar em Atenas.

Visite o site oficial da empresa Blue Adventures diving aqui.

Meu mergulho foi uma cortesia da Blue Adventures Diving Crete, a opinião é minha!


  • 5

Onde se hospedar em Creta

Tags : 

A Grécia é um dos destinos mais populares da Europa para as férias de verão. E o motivo que torna esse país tão queridinho pelos viajantes é tão claro como as águas cristalinas do mar mediterrâneo: preço acessível, lindíssimas paisagens e a deliciosa gastronomia grega. É impossível não se apaixonar!

Praia de Almeryda - Ilha de Creta!

Praia de Almeryda – Ilha de Creta!

Eu gosto do charme do inverno mas  chega uma hora que só penso nas férias de verão. Tem como não amar o planejamento  de uma viagem de verão pela Europa?

Eu adoro todos os passos: escolher o destino, definir o roteiro e o principal, definir a hospedagem. Conforto e boa localização são ítens que eu particularmente não abro mão.

Praia de Kalyves em Creta. Adoro!

Praia de Kalyves em Creta. Adoro!

Desde 2012 Creta é o nosso destino de verão porque a família do Daniel tem uma casa lá, então nada mais natural que aproveitarmos as nossas férias na incrível Grécia, não é mesmo? Amo tanto que até falei para ele que quando ficar um pouco mais velhinha quero morar em Creta para estudar grego. Será? (rs)

Em junho desse ano vamos viajar para Creta novamente, se você quiser acompanhar essa aventura siga o nosso Facebook e o nosso Instagram (@viajarpelaeuropa).

Nessa viagem pela Europa vamos visitar Bruxelas, Atenas e  passar uma semana em Creta.

Muito amor por essa vista das montanhas de Creta.

Muito amor por essa vista das montanhas de Creta.

Como chegar na Ilha Creta

Para viajar para Creta geralmente utilizamos a companhia Ryanair, na ida, e na volta sempre optamos pela companhia aérea Norwegian. Em 2012 fomos de Roma para Creta pela Ryanair por cerca de 30€. A volta, de Creta para Estocolmo, fizemos de Norwegian, por cerca de 60€.

A dica para quem estiver em  Atenas e for para Creta é pesquisar no Skyscanner, pois além da Ryanair, existe uma companhia grega, a Aegean Airlines,  que faz o percurso e costuma ter bons preços.

Onde se hospedar em Creta

Antes de decidir a hospedagem é preciso definir o que você pretende visitar em Creta, já que esta é a maior ilha da Grécia. Creta tem dois aeroportos: Chania e Heraklion, sendo que Chania é a nossa opção sempre.

Porto da cidade de Chania.

Porto da cidade de Chania.

No porto de Chania, em Creta, tem feiras de produtos artesanais gregos, com ótimos preços, lojas, restaurantes e baladas. E de Chania também partem cruzeiros para outros lugares da ilha, como o Balos Lagoon. Resumindo, é em Chania que acontece toda a animação de Creta.

Uma caminhada de 5 minutos e estamos na linda praia de Kalyves.

Uma caminhada de 5 minutos e estamos na linda praia de Kalyves.

 A hospedagem perfeita para você em Creta

Azure View é uma charmosa casa de dois andares, super acochegante, com todas as comodidades essenciais para as férias: piscina, terraço com espreguiçadeiras, cadeiras e mesas e uma vista incrível para a praia e White Mountains. 

A casa fica em Kalyves, uma pequena vila localizada a 20 minutos de carro do belo porto da cidade de Chania e também super perto do aeroporto, a apenas a 25 minutos de carro. 

Vista da piscina para as Montanhas.

Vista da piscina para as Montanhas.

A casa tem dois andares e um terraço com uma piscina e essa vista incrível para a Praia de Kalyves.

Pôr do sol visto da casa de Kalyves em Creta.

Pôr do sol visto da casa de Kalyves, Creta.

No segundo andar ficam os dois quartos, com uma cama de casal cada um, um banheiro com banheira e a varanda.

Vista do quarto!

Vista do quarto!

Varanda do segundo andar.

Varanda do segundo andar.

No primeiro andar piso tem uma sala espaçosa, e a cozinha que está equipada com geladeira, fogão, máquina de lavar louça e outros utensílios: copos, pratos, talheres…

Sala com dois ambientes e acesso a piscina.

Sala com dois ambientes e acesso a piscina.

Cozinha equipada com geladeira, fogão e outros utensílios.

Cozinha equipada com geladeira, fogão e outros utensílios.

Se você também adorou a ideia de passar o verão europeu em Creta e quer se hospedar na nossa casa em Chania/Kalyves, entre em contato pelo email: info@viajarpelaeuropa.eu

O espaço é ideal para 4 pessoas, mas disponibilizamos ainda um colchão de casal (inflável) em caso de grupos maiores. O valor da hospedagem é a partir de 99€ por dia.

Preço muito camarada hein, já que o espaço é para 4 pessoas 😀

Ah! Vale ressaltar que da casa até a praia de Kalyves são apenas cinco minutos a pé!

Amo o verão!

Amo o verão!

Reservas e informações:  info@viajarpelaeuropa.eu

E você, já viajou para Creta? Conte-nos como foi 😉

Puss Puss* Beijo Beijo

Leia também: O que visitar em Atenas; O que visitar em Santorini.


  • 12
Santorini

Santorini

Santorini é famosa pelo pôr do sol mais lindo da  Grécia. As paisagens naturais juntamente com as igrejas branquinhas de cúpulas azuis fazem de lá um lugar mais belo do que eu poderia descrever.

Por do sol

Pôr do sol em Santorini.

Para aproveitar tanta beleza é necessário compreender a geografia da ilha. Entretanto os 73 m² de Santorini são muito fáceis de entender. Resumi aqui toda a minha pesquisa para explicar direitinho como chegar, onde se hospedar e a melhor forma de transitar pela ilha.

Como chegar em Santorini

Há duas formas de chegar em Santorini: pelo mar e pelo ar.

Mar: Diversas ferry boat saem de Atenas e das outras ilhas gregas todos os dias. Eu fui de Atenas para Santorini pela Hellenic Seaways, o trajeto foi de 5h e o preço foi cerca de 35€ (preço com desconto de 35% para estudante).

Há também outras companhias que você pode escolher de acordo com o seu trajeto, tempo e investimento. O legal de você viajar de ferry é que ela para em outras ilhas e você pode avistar a beleza do Porto do ponto de vista do mar.

Porto da Ilha de Ios -

Porto da Ilha de Ios, Grécia.

Confesso que tinha muita curiosidade para saber como funcionava uma ferry. Achei tudo muito bom e confortável. Você pode deixar sua bagagem na garagem ou no guarda mala próximo a seu acento. Os restaurantes possuem diversas opções para comer e o preço não é tão caro em relação aos bares e cafés de Atenas.

Vista da Ferry a caminho de Santorini. Foto por: Naiara Back

Vista do Ferry a caminho de Santorini.

Ar: Há duas companhias populares que fazem voo entre as ilhas, a Olympic Air e Aegean Airlines. O preço varia de 80€ a 200€ e o tempo de voo é de 30 a 45 minutos.

Transfer: A maioria dos hosteis e hoteis oferecem este tipo de serviço, basta negociar com o local onde ficará hospedado no momento que efetuar a reserva.

Onde se hospedar em Santorini

Várias são as opções de lugares para você ficar hospedado na ilha. Como esse detalhe também implicou em muita pesquisa no meu roteiro de viagem,vou deixar três sugestões de acordo com sua preferência: Praia, bares e lojas ou romance.

Praia – Perissa: Local adequado para quem gosta de tomar banho de mar! É em Perissa que fica a Praia Negra, famosa pela sua areia preta por causa do vulcão. Eu fiquei hospedada nesta região, no hostel Youth Hostel Anna, que ficava a 5 minutos da praia.

Quando pesquisei hostel na região de Perissa fiquei muito surpresa com o preço das hospedagens, tanto que cheguei a ligar para o hostel para confirmar se ele existia. (vai saber neh…) O Youth Hostel Anna possui quartos coletivos desde 4€ por pessoa, mas eu optei por ficar hospedada em um quarto Twin privado. O hostel não oferece café da manhã e o acesso a internet é somente na recepção, mas pelo preço de 8€ por pessoa com roupa de cama e banho novinha todos os dias, piscina, banheiro no quarto, climatizador e frigobar, não há do que reclamar rsrssr.

Piscina do Youth Hostel Anna - Santorini. Foto por: Naiara Back

Piscina do Youth Hostel Anna, Santorini.

Agito – Fira:  É o centro da ilha. É adequado para quem prefere movimento de bares, restaurante e lojas. Se ficar nesta região escolha hospedagem com piscina, pois o centro é no alto da ilha e não tem praia para banho de mar nas proximidades.

Lojinhas em Fira. Foto por: Naiara Back

Lojinhas em Fira.

Romance – Oia: É adequado para os casais que estão em lua de mel. É silencioso, encantador e tudo branquinho com o contraste azul das cúpulas das igrejas. É em Oia que acontece uma grande concentração de turistas a partir das 18h para avistar o belíssimo pôr do sol. É o local mais caro da ilha e também não possui praia para banho de mar com fácil acesso.

Santorini Bandeira

Pôr do sol em Oia, Santorini.

O que visitar em Santorini

Independente do local onde você ficar hospedado, passear pela ilha é muito fácil. Tanto em Perissa, Fira e Oia há muitas opções de aluguéis de carros, tem um rent a car em cada esquina, (a média de preço é de 25€ por dia + combustível) e quadricículos (10€ por dia + combustível). Não pense que andar de quadriciculos é perigoso, você verá muitas pessoas circulando com esta motinho, tanto jovens como idosos. Há também as opções de ônibus de linha (2€ o passe) e as excursões.

Excursões: Há diversas ofertas de excursões. Eu escolhi o passeio que saía do Porto de Perissa e incluía a visita guiada no vulcão, Hot Spring, Thira e Oia, o qual  custou 25€ por pessoa mais 2€ euros para subir no vulcão.

Hot Spring - Foto por: Naiara Back

Hot Spring, Santorini.

Eu gostei de conhecer o vulcão, o calor e a intensidade do vento era de enlouquecer, mas a beleza geográfica compensou 🙂 Há também os passeios apenas com a opção de visitar o vulcão e fazer a hot spring, uma água sulfurosa medicinal e quente na beira do vulcão.

Se eu soubesse teria escolhido apenas esta opção de passeio. Pois tinha conhecido Oia no dia anterior e como o barco nos deixou no Porto de Oia tivemos de pegar um burrinho (5€ por pessoa) para subir até o alto da ilha, pois o calor das 17h era insuportável para subir caminhando toda a escadaria.

Sugestão de roteiro para 3 dias em Santorini

Três dias é o mínimo indicado para conhecer os pontos turísticos e praias mais famosas de Santorini.  Deixo aqui uma sugestão para quem vai ficar este período na ilha. Para os dias a mais, aproveite as águas cristalinas de Perissa ou Kamari.

Dia 1 – Aproveite este dia para conhecer a região do local onde está hospedado, no meu caso assim que fiz o checkin no hostel em Perissa fui para a praia.

Nai em Santorini

Nai em Santorini.

Dia 2 – Desfrute da praia de manhã e após o almoço, faça um passeio pelas praias ao redor como Kamari, Praia vermelha, Praia Branca e as demais que ficam no caminho até você chegar em Fira. Estas praias não possuem a estrutura de comodidade que Perissa oferece, como por exemplo, camas de banho de sol e guarda sol. Mas mesmo assim elas são interessantes para você conhecer. Pelo fim da tarde, aproximadamente às 17h dirija-se até Oia, passeie pela vila e prepare-se para prestigiar o encantador pôr do sol. Quando escurecer jante em Oia ou se preferir vá até o agito de Fira ou até Perissa onde pode pedir um típico prato grego ao barulho do mar.

Praia Vermelha - Santorini. Foto por: Naiara Back

Praia Vermelha, Santorini.

Dia 3 – Reserve este dia para fazer uma excursão até o vulcão e a hot spring, por exemplo. Ou mergulhe na piscina do hostel ou nas águas cristalinas de alguma praia de Santorini, porque, com certeza depois que você deixar esta ilha, a saudade de tudo o que você viu e viveu irá surgir.

Vulcão - Santorini. Foto por: Naiara Back

Vulcão, Santorini.

 5 dicas para aproveitar melhor Santorini

1 – Fira tem uma rua de lojas muito grande, você vai ficar encantado com as vitrines das relojoarias, a vontade é de comprar tudo o que vê, será? heheh… O lugar é  a cara da riqueza, anéis a partir de 100€, roupas típicas a partir de 20€, chapéu de sol por 10€….

Uma loja em Fira. Foto por: Naiara Back

Uma loja em Fira.

2 – Bem no alto de Fira você poderá visitar a Catedral Metropolitana Ortodoxa, mas se estiver com roupa curta não poderá entrar. Subindo mais você vai encontrar um teleférico (5€) ele te levará até o Porto de Fira.

Catedral de Fira

Catedral de Fira.

3 – É em Fira que você poderá olhar toda a caldeira (no lado esquerdo Perissa, no centro o vulcão e no lado direito Oia). Caldeira é como os gregos chamam a ilha, pois estando em Fira você pode visualizar o C que Santorini possui como forma geométrica.

Caldeira de Santorini

Caldeira de Santorini.

4 – Após conhecer Fira, no caminho até Oia você pode passar por mais praias. Quando chegar em Oia até a hora do pôr do sol, você pode visitar a Praça Central e a Igreja que fica bem no centro de Oia. O pôr do sol começa a ser prestigiado pelos turistas a partir das 18h e vai até às 20:30h quando o sol some no mar.

Pense em uma estratégia para encontrar um ótimo lugar para avistar o pôr do sol. Embora o tempo esteja maravilhoso, há chuvas de coreanos que tomam conta dos lugares, eles chegam com suas power câmeras e tripés e não dão espaço aos demais. Escolha um restaurante ou chegue cedo as praças. Se for preciso: fique por lá acampado! rsrsrs

5 – Quando fiz a excursão fiquei com a impressão de ser levada aos lugares mais caros para compras, almoçar/jantar. O almoço em Thira custou 10€ (para comida + bebida não é um preço elevado, mas para a Grécia sim!) e tinha apenas um restaurante como opção, era isso ou Gyros na barraquinha. Também não contávamos em ter de pagar para subir até o vulcão, muito menos em ter de utilizar os burrinhos para subir até Oia, sendo que os burrinhos nos levaram até um pedaço do morro. Como tinha a minha mãe (que é cardíaca) como companheira de viagem, esta excursão não correspondeu todas as nossas expectativas.


  • 4

Atenas – como chegar e o que visitar!

Visitar Atenas sempre fez parte dos meus planos e sonhos… afinal, quem não tem curiosidade de conhecer os locais presente nos livros de história e todos aqueles lugares míticos por onde passaram os deuses?

A ocasião para programar uma viagem para Grécia não podia ser mais propícia. Minha mãe vinha me visitar! Pela primeira vez ela viria a Europa, e eu queria que ela tivesse uma viagem inesquecível. Foi então que decidi organizar uma viagem para Atenas e Santorini.

Como chegar em Atenas

A Ryanair, companhia com a qual eu mais viajo pela Europa, não possui voo direto para Atenas. Então foi necessário dedicar algum tempo para organizar o roteiro da viagem. Saí do Porto para Paris, seguindo de Paris para Berlim até chegar em Atenas pela companhia Easy Jet. O preço de cada um dos voos foi cerca de 40€ por pessoa.

Ver Atenas do alto! Lindo!

Ver Atenas do alto! Lindo!

Transporte em Atenas

No aeroporto, apesar da sinalização estar escrita em grego, tudo é muito bem orientado com imagens e traduções em inglês. Mas como viajante bem preparada eu já tinha impresso um mapinha do aeroporto para não me perder. Veja o mapa clicando aqui!

Foi tranquilo chegar até a estação de ônibus, onde peguei o X95 e parei na última estação, na Praça Syntagma, onde fica o Parlamento Grego. É neste local que as linhas de ônibus fazem as conexões com o trem e o metro, que possui apenas 3 linhas (azul, verde e vermelha).

Parlamento Grego

 

Para turistar na cidade eu tinha uma listinha de lugares para visitar, os quais encontrei nas pesquisas que realizei em vários blogs. Infelizmente tive que dividir o meu tempo em Atenas para ir até a Ilha de Santorini e por isso não consegui ver tudo o que eu queria. Claro que isso só serve de incentivo para uma nova viagem a Atenas, certo?

O que visitar em Atenas

Piraeus: É o Porto de Atenas, de lá partem as ferrys para as ilhas. O local é bem movimentado, mas no final do dia a vista fica encantadora com o pôr do sol que reflete na água.

Atenas

Você pode ficar por lá sentado admirando a paisagem ou subir na passadeira. De qualquer lugar a paz e a tranquilidade dos deuses lhe acompanham. Para chegar no porto você deve pegar a linha verde e descer na última parada. Não tem erro!

Ágora Romana: É considerada o centro da vida urbana da Grécia antiga.  Neste museu você encontrará os restos de escolas, teatros e arenas, por onde Sócrates, Platão e São Paulo circularam. Ande até o final da Ágora para encontrar o Templo de Hefesto, Stoa de Atalos, templos para Apolo e Afrodite.

Akropoli: Este era o local que eu mais desejava conhecer. É lá que você passará a maior parte do tempo conhecendo as ruínas do Pathernon, Museu de Akropoli, Teatro de Dionísio, Teatro de Gerodes Atticus, Tembro de Athena Nike e Erectheion.  Reserve o dia todo para aproveitar toda essa riqueza histórica!

Akropoli

Akropoli

Akropoli²

Akropoli²

Akropoli³

Akropoli³

Vista para Atenas da Akropoli

Vista para Atenas da Akropoli

A estação mais próxima é Akropoli, linha vermelha do metro. O horário de funcionamento é das 8h às 18h. Estudantes não pagam, os demais possuem um custo de 12 e possuem acesso a arqueológicos de Atenas, Stoa de Atalo, Àgora Romana e Templo de Zeus.  

DSC05256

Stoa de Atalo

Mais 5 lugares para você conhecer em Atenas

Templo de Hephaestus - Atenas. Foto por: Naiara Back

1 – Templo de Zeus Olímpico: Ele fica no centro de Atenas. Perto dele está o estádio. Do alto da Acrópolis você poderá enchergá-lo também.

2 – Panathinaiko: Esse foi o local da primeira Olímpiada moderna, em 1896. A entrada custa 3€ com um áudio-guia, mas para estudantes não há custos. Pegue a linha azul do metro e você saíra na frente do local.

3 – Kolonaki: É aconselhável ir neste local no fim do dia para avistar o pôr do sol. Para chegar lá é necessário caminhar até a base do Monte Lycabetus/Lycavutys onde é o ponto mais alto da cidade e pegar o teleférico ou subir as escadas.

4 – Colina Filoppapo: Nesse local você poderá ter uma magnifica vista da Akropoli e da cidade, para chegar até lá você pode sair da Akropoli e ir caminhando.

5 – Bairro Plaka: É um bairro famoso e cheio de vendas. Ao sair da Ágora Romana você anda alguns minutinhos e já estará andando pelas variadas lojinhas. Lembrem-se! Com os gregos vale pechinchar e conseguir bons preços.

5 dicas para aproveitar Atenas

Teatro de Herodes Atticus - Atenas. Foto por: Naiara Back

Teatro de Herodes Atticus

1 – Nos meses de junho, julho e agosto o calor em Atenas é de queimar a pele, a temperatura passa dos 40C. Passe protetor solar para se proteger. Mesmo na Grécia não é legal  ficar com a pele vermelha e marcas da roupa, certo?

2 – O preço do metro em Atenas é de 0,70€ a 1,40€. Há também os passes diários e semanais.

3 – Gyros, o famoso churrasquinho grego. A Gi já falou dele no post de Creta. E na capital da Grécia, provar esta delícia é de praxe.  O valor do Gyros é a partir de 1,99€, conseguindo ainda menus (Gyros + batata frita + bebida) por cerca de 5€. #yummy

#Yumi

4 – Os souvenirs são negociáveis! Comprei muita coisa boa e legal por 1€ (produtos artesanais feitos de oliva). Vale lembrar que nas feiras gregas é sempre aconselhável pechinchar.

5 – O hostel que fiquei hospedaga custou apenas 10€, com um quarto para três pessoas. O lugar não oferecia café da manhã e o último dia fez um calor para mais de 40C. a falta de climatizador foi um pouco desagradável. Para tentar amenizar o calor o pessoal do hostel ofereceu um ventilador por pessoa.

Você está procurando hotel em Atenas? Recomendo o Booking.com – site que sempre utilizo para reservar hotéis para as minhas viagens.


  • 2
Creta

Creta – como chegar e que visitar?

Calor, praia, águas cristalinas e por um preço que cabe no bolso. É o que você deve esperar das férias de verão em Creta, a maior ilha da Grécia.

Praia de Almeryda - Foto por: Gisele Almeida

A Ilha de Creta é habitada desde a pré-história e mesmo com tantos anos de vida guarda ainda muita tranquilidade e pequenos povoados que fazem de uma viagem a esse lugar um verdadeiro retiro.

Bem longe do barulho dos carros e correria das grandes cidades. Destino ideal para quem quer descansar da vida agitada das grandes metrópoles.

CReta view

Temos uma casa em Creta com vista para a praia de Kalyves, uma pequena vila próxima a cidade de Chania. Quem sabe um dia ainda nos mudamos para lá…

Já comentei o quanto adoro desafios, e como sou apaixonada pelo movimentos das grandes cidades seria interessante tentar me adptar em um lugar assim tão calmo e ainda aproveitar para estudar grego.

Como chegar a Creta

Em Creta existem 2 aeroportos. Heraklion e  Chania. Nós fomos de Roma para Creta pela Ryanair e chegamos no aeroporto de Chania, que fica apenas 20 minutos de carro da Vila de Kalyves, onde ficamos. Para voltar a Estocolmo viajamos pela Norwegian, que tem voos para Creta durante os meses de verão na Europa.

O aeroporto de Chania é bem pequeno, mas vale a pena optar por ele, caso pretenda visitar Chania, que é a maior cidade da ilha de Creta.

Transporte em Creta

Para ter mais mobilidade na ilha de Creta a melhor opção é alugar um carro. Na nossa estadia por lá optamos pela empresa Holliday Autos, que tem opções de aluguel a partir de 100€ por semana.

O que visitar em Creta

Chania Harbour: Chania é a maior cidade de Creta, é onde fica o porto, que por si só é bonito, mas vale a pena caminhar por ali entre as feiras e lojas: jóias, artigos em couro, artesanatos feitos de oliveira e o melhor ainda tem objetos com preços para todos os bolsos.

Creta

Comprei cadernos e álbuns de fotografias, feitos à mão com folhas de oliveira, um presentinho super original e por um precinho bem amigável.As barracas e lojas ficam abertas, pelo menos até as 22h no verão e a dica é andar e pesquisar os preços, pois o mesmo produto pode ter valores diferentes. Pechincha também funciona bem nas feiras da Grécia.

Fish Spa: Por onde quer que você ande em Creta tem publicidade sobre o  Fish Pedicure (Peixe Pedicure). O preço varia de 8€ a 15€ por 10 minutos de pedicure com peixe.

Faça o Fish Pedicure um antes dia de deixar a ilha de Creta, afinal sair de um lugar incrivelmente lindo e relaxado da cabeça aos pés irá renovar as energias para continuar a viagem ou voltar para casa.

Palácio de Cnossos: As ruínas de Cnossos foram redecosbertas em 1878. Cnossos era a junção de 1000 aposentos que se interligavam, alguns dos quais serviam como ateliês para artesãos e centros de processamento de alimentos. Não tive oportunidade de visitar Cnossos em 2012 mas está na minha lista para o verão europeu de 2015.

Balos Lagoon: É um lago de água do mar,  azul turquesa e super famoso por ter sido visitado pela princesa Diana e o príncipe Charles. Para chegar até lá tem ferry a partir do Porto de Chania todos os dias. O preço da viagem é cerca de 20€ por pessoa.

Creta

Onde comer em Creta

Cretan Korner: É um restaurante familiar, que fica numa pequena vila próxima a Kalyves, descobrimos o local meio que sem querer, porque estávamos a  procura de onde tivesse jantar com música típica grega.

Creta

O menu com entrada, prato principal e sobremesa – exclui bebidas, possui o preço de 15€ por pessoa.

Provei as costeletas de ovelha e estavam fantásticas! Além da diversão ter sido garantida por dançarinos de música folclórica grega que anos fizeram dançar durante toda a noite.

O restaurante tem uma super vista  para as White Mountains. Mas se não encontrarem o Cretan Corner a dica é ir a um restaurante  que tenha animação de dança/música típicas, uma experiência que vale a pena.

O que experimentar em Creta

Impossível não amar a gastronomia grega, os pratos sempre feitos com carinho e ainda com preços muito bons. Gyros, Mousaka, salada grega e frutos do mar… dá  para fazer um tour gastronômico por Creta e no estilo BBB (Bom, Bonito e Barato).

Gyros: É nada mais do que aquela carne assada em espeto na vertical e depois é servido com legumes, batata frita e molho de yoghurt ou tzatzik.

O Gyros pode ser apreciado como sanduíche ou em prato e o preço é a partir de 2,50€.

Pita Gyros -

Salada Grega: Pepino, tomate, cebola, azeitonas e queijo feta. Uma boa pedida para os dias de calor… Salada simples mas bem saborosa.

Creta

Basta passear um pouco entre as vilas de Creta para ver as inúmeras plantações de oliveiras, e por isso, azeite e azeitonas têm um sabor inexplicávelmente delicioso por lá, sem contar o queijo feta que é típico da Grécia. E você pode experimentar essas delícias a partir de 5€.

Frutos do Mar: Para quem gosta de mariscos estar na Grécia é uma perdição! Os restaurantes servem peixes e frutos do mar sempre frescos.

No último dia da viagem para Creta resolvi me jogar em um prato de mexilhões ao molho de tomate. Além de delicioso o preço era super acessível de preço: entrada + prato principal + sobremesa e vinho por apenas 12€.

Mexilhões ao molho de tomate

Mousaka: É um prato bem divergente quanto as suas origens, mas muito apreciado por quem visita a Grécia. É feito de beringelas, batata e recheado com um molho de carne de cordeiro (a receita tradicional).

O prato da foto foi apreciado em um restaurante em frente a praia de Almeryda por apenas 6€ e a proprietária do restaurante ainda nos ofereceu a sobremesa como cortesia da casa. Simpatia também é uma marca registrada dos gregos!

moussaka

Grill Mix: Muitos restaurantes gregos oferecem um Grill Mix, como o próprio nome sugere, trata-se de um mix de churrasco. Culturamente os gregos aproveitam todas as partes dos animais que servem, portanto vale perguntar quais as carnes serão servidas pois pode acontecer de servirem fígado, estômago. Etc.

Mas acertando no pedido o verdadeiro churrasco grego é uma delícia!

Onde se hospedar em Creta

Para quem vai viajar para Creta saiba que apartamentos para temporada por um preço super acessível. Para quem viajar em grupo uma sugestão é alugar casa/apartamento, dividindo o valor final. Conforto por um preço justo, quem não ama?

CAsa Creta

Momento jabá: Para quem está planejando as férias em Creta nos disponibilizamos nossa casa para aluguel. O espaço tem dois andares, piscina com vista para a praia e para as White Mountains, um quarto de solteiro e um quarto com cama de casal, cozinha equipada com utensílios e eletrodomésticos.

A casa fica há apenas 5 minutos da Praia de Kalyves. Nesse link aqui temos fotos e a descrição desse cantinho super aconchegante em Creta.

Quer sabe como alugar nossa casa em Creta? Envie email para info@viajarpelaeuropa.eu

Você está procurando hotel em Creta? Recomendo o Booking.comsite que sempre utilizo para reservar hotéis para as minhas viagens.


  • 2
airbnb

Vale a pena se hospedar ou alugar sua casa através do Airbnb?

O airbnb é um site de aluguel de hospedagem onde qualquer pessoa pode anunciar um espaço livre para receber turistas. Esse espaço pode ser desde quartos, casas, apartamentos inteiros e até castelos.

Página inicial do site airbnb.com

Diferente do couchsurfing , que é uma comunidade para troca de hospedagem grátis, o airbnb é uma maneira de converter essa hospedagem em uma renda extra. Isso quer dizer que qualquer pessoa pode anunciar o espaço que tem disponível e ganhar algum dinheiro através do site. Legal a ideia, né?

Os anunciantes e as acomodações são detalhadas no próprio site, assim como  as regras da casa e os comentários dos hóspedes. A proposta é uma rede social de aluguel, onde você pode ver comentários sobre os anfitriões,  algo que acho super essencial na hora de pesquisar uma hospedagem e também o perfil de todos que estão cadastrados no site.   O que para mim torna a experiência mais pessoal e segura.

Estamos o utilizando o airbnb desde o verão 2013. Resolvemos disponibilizar a nossa casa em Creta, na Grécia, para ser alugada para viajantes que visitarem essa ilha incrível. Desde então estamos super satisfeitos com o serviço e com todos os hóspedes que recebemos até hoje.

Leia também: Como alugar nossa casa em Creta

Nossa casa em Creta disponível para aluguel no site airbnb.

Minhas dicas sobre o Airbnb

* Geralmente o preço é mais em conta e é uma maneira mais informal e pessoal de pesquisar por hospedagem.

* As pessoas são receptivas a partilharem informações e dicas sobre as cidades.

*É menos informal, e os anfitriões provavelmente mais acessíveis em termos de horários para check-in e check-ou e para ajudar a resolver outros imprevistos que possam acontecer na sua viagem.

*Você pode anunciar também. Caso tenha uma quarto disponível em casa.

*Para dar mais credibilidade ao seu perfil o ideal é preencher as informações pedidas no site e associar com a sua conta no Facebook.

E você, já utilizou o airbnb nas suas viagens?


Viajar pela Europa no Facebook

Hotéis

Booking.com

Instagram

Gisele Almeida em O mundo segundo os brasileiros

Receba nossas dicas imperdíveis para a sua viagem

Promotion 468x60 468x60_reload-V2
Close