Category Archives: América do Norte

  • 0
Sobre Miami

10 coisas que você precisa saber sobre Miami

Faz poucos dias que cheguei mas já tenho as minhas primeiras impressões sobre Miami.Não tenho feito muitos passeios culturais como museus e outras atrações pois o motivo dessa viagem é aproveitar os dias de sol, já que o verão não que nem saber de chegar a Suécia, se é que entendem, e também estou aproveitando para descansar.

Por isso estamos passando nossos dias entre a praia e piscina e posso dizer que estamos adorando.

hair replacement systems

Minhas primeiras impressões sobre Miami

1 – Miami é a capital latina dos Estados Unidos

Sempre ouvi dizer que Miami tem uma grande comunidade latina e que muitos brasileiros escolhem viver na cidade mas nunca imaginei a proporção dessa informação. Desde que cheguei aqui tenho falado mais espanhol que inglês, aliás todos os lugares tem atendentes que falam o espanhol e segundo a BBC News quase 70% da população de Miami é formada por latinos.

2 – A água do mar é quentinha

Se o motivo das férias é aproveitar a praia acho que vale dizer que a água do mar em Miami já está quentinha na metade do mês de maio.

Biquini

3- A comida mais famosa de Miami é comida cubana

Segundo algumas revistas locais Miami é famosa pela comida cubana mas o que não falta por aqui são boas opções de restaurantes de comida latina. Até agora experimentamos mexicana, peruana além de bons hambúrgueres e comida cubana. Estou adorando fazer esse passeio pela culinária da América do Sul em uma só cidade.

4 – O outlet mais famoso é o Dolphin Mall

O Dolphin Mall é o maior outlet de Miami e fica localizado a cerca de 30 minutos de carro de Miami Beach. O local tem mais de 240 lojas com descontos e cerca de 30 restaurantes. Ainda não fui lá mas está no roteiro do fim de semana.

5 – A  Ocean Drive é muito barulhenta

A Ocean Drive, avenida próxima as praias da região de Miami Beach é daquelas avenidas típicas de cidades de praieiras: lotada de bares, restaurantes e muito barulho.

Aqui todos os bares tocam música alta, uma música diferente em cada um e, dificilmente você vai passar pelas calçadas sem que um garçom quase te pegue pelo braço para te oferecer uma mesa. (rs) É uma grande aventura andar por ali.

Sobre Miami

6 – Estacionamento é caro

A cidade é bem grande e provalmente alugar carro é quase inevitável porém vale lembrar que mesmo os hotéis cobram pelo estacionamento e não é barato.

7 – O transporte mais viável é o Uber

Estamos sobrevivendo sem carro em Miami por 5 dias, na maior parte do tempo fazemos nossos passeios andando, até por isso que ficamos em hotéis diferentes durante a viagem addim ficamos mais próximos aos locais que pretendemos visitar e quando necessário recorremos ao Uber.

Desde que chegamos já nos hospedamos no Hotel Mandarin Oriental no Brickell, no Hotel Astor em Miami Beach, vamos passear em Key West, onde nos hospedaremos no Hilton Garden e nossas últimas noites em Miami vamos ficar no  Hotel Intercontinental Miami.

8 – A cidade tem transporte público gratuito

Uma das coisas mais interessantes que achei em Miami até agora foi o metromover, um metro que circula pelo centro da cidade, que na verdade lembra aqueles vagões que transportam passageiros de um terminal a outro em aeroportos, sem condutor e ainda é gratuito. Achei o metromover uma graça!

9 – Imposto em Miami

Nos Estados Unidos o imposto é diferente em cada estado. A Flórida é o décimo estado com as menores taxas  do país e em Miami o imposto para compras é de 7%.

10 – Os bares e restaurantes oferecem descontos no happy hour todos os dias

Todos os dias, entre as 16h e 19h os bares e até mesmo alguns restaurantes de Miami, oferecem descontos nas bebidas. Uma ótima pedida para experimentar alguns coquetéis na cidade e economizar um pouco. hehe

design your own wedding dress

Estou mostrando nossa viagem por Miami no Instagram Stories @viajarpelaeuropa. Adicione e acompanhe nossas dicas e aventuras em tempo real. 🙂

E você, tem alguma dica sobre Miami?

Fontes: BBC News

States in America with the lowest taxes

Entenda como funciona o imposto para compras em Miami

Aproveite as ofertas da TAP e marque já sua próxima viagem pela Europa! Promotion 468x60
Aproveite as melhores ofertas e reserve já o seu hotel! 468x60_reload-V2

  • 2

Jantar no Asiate com vista de Nova York – Hotel Mandarin Oriental

Tags : 

Uma das experiências mais incríveis que nós tivemos em New York foi jantar no restaurante Asiate, do Hotel Mandarin Oriental.

O Asiate é um dos restaurantes mais bem conceituados da Big Aple. E não faltam motivos para que ele receba tantos elogios. Dentre os muitos atrativos do Asiate, se destaca a localização privilegiada, com uma vista deslumbrante para o Central Park e para Upper West Side, na Columbus Circle.

É como se fizéssemos uma refeição com a mais bela paisagem de Nova Iorque a nossos pés. Uma experiência digna de cena de cinema, sabe?

Gi Restaurante Asiate New York.

Logo que começamos a planejar nossa viagem para Nova Iorque, o convite para jantar no restaurante Asiate foi algo que nos deixou ainda mais animados. Desde que a Nicole nasceu tem sido bem difícil encontrar tempo só pra nós dois. Então, sempre que viajamos, eu e o Daniel tentamos planejar uma uma noite kids free para aproveitarmos apenas a companhia um do outro. Um descanso bem merecido!

Agora imagina quando o date tem lugar reservado em um local tão bem classificado e sofisticado. É tipo para ficar looking forward to it! Contando os dias para chegar logo, né? Haha

A Decoração

O restaurante Asiate fica localizado no 30º andar do Hotel Mandarin Oriental de Nova Iorque e apresenta uma decoração super refinada e aconchegante.

new york Restaurant Asiate

No teto há uma delicada escultura que simboliza os galhos secos das árvores no inverno e na parede uma bela exposição de mais de 3 mil garrafas de vinho. Esses elementos casam perfeitamente com as poltronas em cores quentes e que dão um toque ainda mais acolhedor ao lugar. Como não bastasse, as luzes dos arranha-céus de Nova Iorque parecem fazer parte dessa harmônica decoração. Tudo muito lindo!

Decor Restaurant Asiate New York

Nossa experiência no Restaurante Asiate

Logo que chegamos ao 30º andar do Hotel Mandarin Oriental fomos encaminhados para a nossa mesa no restaurante  Asiate. E era bem coladinha à janela, com uma vista muito incrível. Nem precisa dizer que amamos, né? Foi tão agradável que até conseguimos nos desligar de tudo e nem notamos a presença dos outros clientes do restaurante. Parecia que estávamos só o Daniel, eu e aquela paisagem nova iorquina como plano de fundo. Uma noite muito especial!

O atendimento foi impecável. Eles pareciam ler nossos pensamentos. Durante o jantar, os atendentes iam nos explicando a composição dos pratos e apresentando a descrição dos vinhos que acompanhavam cada um. Uma simpatia!Gisele Restaurant Asiate New York

Para o jantar, o Restaurante Asiate disponibiliza o menu de três pratos e também um menu degustação que tem a opção de harmonização de vinhos.

A nossa opção foi o menu degustação composto por seis pratos.  Hummm! Todos eles foram com uma apresentação impecável e os sabores quase inexplicáveis de tão deliciosos. Por isso, preparem-se porque as próximas linhas estão de dar água na boca!

Menu degustação

Nosso primeiro prato do menu degustação foi um inesquecível sashimi de atum com uma casquinha crocante e picante no topo. Esse sashimi foi tão maravilhoso que só de pensar meu pensamento voa para o Asiate. Que delícia!

Tuna fish Restaurant Asiate New York

O segundo prato foi um Foie Gras super saboroso que derretia na boca e era finalizado com um toque adocicado do molho e do morango que o acompanhavam… Hmmmmm!

Seared foie gras over a broth and a strawberry sauce with dehydrated whole strawberries, fresh sliced strawberries, celery leaves, and garnished with a crumble topping created by Chef de Cuisine Angie Berry of Asiate Restaurant, NYC

Foto divulgação Restaurante Asiate NYC

Apenas uma pausa nas comidinhas deliciosas para dizer que um dos pratos (não lembro exato qual) era harmonizado com saquê. Nunca imaginei que eu iria simplesmente me apaixonar por essa bebida. Agora ela não me sai do pensamento. Estou a procura de um exemplar exatamente igual a esse da foto. Se souberem onde encontro, me avisem, por favor!

Sake Restaurant Asiate Mandarin Oriental

Agora podemos voltar para as maravilhas gastronômicas do restaurante Asiate com esse Wagyu Beef Tenderloin.  Que, resumindo, estava um pe-ca-do!

Restaurante Asiate New York

Em um menu tão sofisticado não poderia faltar frutos do mar, não é mesmo? Vou dizer que a lagosta estava ótima, mas não foi o meu prato favorito da noite. Quem adivinha qual foi?

Lobster Restaurant Asiate Mandarin Oriental

 Ah! Esqueci de anotar o nome desse prato de peixe, mas era tanta delícia que a essa altura eu já não me lembrava do papel de blogueira (rs). Estava apenas amando viver aquele momento! Apreciando cada segundo…

Restaurante Asiate New York

Para finalizar, nada mais justo que um chocolate, não é mesmo? Vocês sabem que eu não sou da família das formigas, digo, das pessoas que amam doces, mas essa torta de chocolate meio amargo acompanhada de sorvete de frutos vermelhos conseguiu conquistar meu paladar e finalizar nossa experiência no Restaurante Asiate com um gostinho de quero mais! #yummy

Dessert Restaurante Asiate New York

Esse foi um momento incrível em todos os sentidos. Além do maravilhoso “passeio” gastronômico, tivemos uma noite super agradável e romântica. Super recomendamos o Restaurante Asiate do Hotel Mandarin Oriental e, com certeza, voltaremos lá na próxima visita a New York.

Pode ser agora, produção? Rs

Ao longo da preparação para a nossa viagem consultamos os blogs Aprendiz de Viajante e Turomaquia. Na página deles vocês também encontram impressões sobre o Restaurante Asiate.

Endereço: 80 Columbus Circle at 60th Street, New York, New York 10023, US

Reservas: Restaurante Asiate – Mandarin Oriental – New York


  • 0

O que fazer em Nova York com bebê de um ano!

Tags : 




Assim que reservamos nossas passagens comecei a pesquisar atividades que pudessem ser interessantes para se fazer com um bebê de um ano em Nova York. Para mim é muito importante que a Nicole também aproveite a viagem, sabe? Ao programar nossos roteiros estou sempre pensando no que podemos fazer juntas. E eu estava super ansiosa em viajar para uma cidade tão grande com um bebê tão pequeno mas tão espoleta (rs)! Estava prevendo uma grande aventura (e um grande desafio) para todos nós.

A oferta de atrações é enorme, por isso eu tinha de levar em conta os passeios que fossem viáveis para se fazer com crianças pequenas. O mais importante, no final das contas, foi estar atenta às reações dela e sempre que preciso mudar os planos para que ela aproveitasse ao máximo essas visitas. Sem fórmula mágica! E depois foi fácil listar as atrações de Nova York que a Nicole (meu bebê de um ano) mais gostou! 😀

Nicole fazendo poses no Restaurante Asiate do Mandarin Oriental de Nova York!

Nicole fazendo poses no Restaurante Asiate do Mandarin Oriental de Nova York!

Central Park

O Central Park é definitivamente o melhor lugar para se visitar em Nova York com um bebê de um ano. O parque tem um gramado enorme, lugar perfeito para deixar seu filho brincar a vontade. Viajamos no fim do verão, e estava calor, mas acho que é possível aproveitar o Central Park com um bebê, mesmo no inverno, claro, usando roupas adequadas!

A Nicole brincou, viu animais e algumas vezes me emocinou dando alguns dos seus passinhos ainda tímidos. Ah! E nós almoçamos por lá mesmo, o que eu achei super cômodo! Esse foi um dia que ela aproveitou muito, teve liberdade para se movimentar e gastar essa energia sem fim que ela tem. (rs)

Programe pelo menos duas idas ao Central Park durante sua viagem para Nova York. Seu bebê agradece! 😀

Olha a Nicole fazendo poses no Central Park. Pensa em alguém ama brincar nessa grama :D

Ela amou brincar na grama do Central Park! ain! 😀

Toys’re Us

Toys’re Us é um loja de brinquedos localizada bem no meio da Times Square. Um ótimo local para passear com um bebê de um ano, já que além dos produtos à venda, o local tem exposições como o Jurassic Park, Lego e até mesmo uma pequena roda gigante. Gente, eu juro! Esse lugar simplesmente salvou as nossas vidas nessa viagem.

A loja da salvação na Times Squares... hehe

A loja da salvação na Times Squares… hehe

Durante nossos 8 dias de viagem por Nova York passamos por lá varias vezes, entre um passeio e outro, e deixávamos a  nossa mini-viajante brincar, andar e pegar nos brinquedos!

Mas ATENÇÃO! Lembrem-se que nessa idade as crianças já começam a querer levar tudo que vêem para casa, por isso se você não for comprar um brinquedo a cada vez que entrar na loja, certifique-se de levar algo para distrair seu bebê na hora de ir embora. Eu acabei tendo que comprar alguns. haha

A Loja Toys are us da Times Square é visita obrigatória para quem viaja com bebês para NY!

A Loja Toys are us da Times Square é visita obrigatória para quem viaja com bebês para NY!

Loja da Disney

A loja Disney de Nova York também fica localizada na Times Square. Apesar de não ter tanto espaço para brincar como a Toys’re Us,  a loja ganha em cores e brinquedos brilhantes que chamam a atenção dos bebês. É incrível como esses personagens da Disney já despertam a atenção de crianças tão pequenas.

A minha mini-viajante se encantou com a Elsa e também adorou brincar com o espelho do filme da Branca de Neve.

Espelho, espelho meu! Olha a Nicole divando na loja da Disney! rs

Espelho, espelho meu! Olha a Nicole divando na loja da Disney! rs

One World Trade Center

O One World Trade Center é o edifício que foi construído na região onde ficava as Torres Gêmeas. Já temos um post contando tudo que você precisa saber para visitar o OWTC. Confira!

O local é bastante espaçoso, portanto uma ótima oportunidade para seu filho se movimentar. Um bebê de um ano já entende o mundo a sua volta e vai ser lindo você observar o seu filhote impressionado com a vista incrível do lugar. Foi um dos momentos mais marcantes da viagem. Admirar a Nicole super interessada pela paisagem e falando: “óia”! “óia”! haha. #mamãeorgulhosa

A melhor vista de Nova York!

A melhor vista de Nova York!

Muita emoção ver minha pequena-viajante super interessada no. NY

Muita emoção ver minha pequena-viajante super interessada no. NY

Brooklyn Bridge

A Brooklyn Bridge foi outro passeio que fez muito sucesso com a minha bebê. Mas vá bem equipado! Leve lanchinho, água, fraldas, etc.. etc… Pois é uma caminhada de pelo menos uma hora.

Eu achei ótimo o fato de que ela podia andar pela ponte, já que não passa carros. Brincamos, descansamos nos banquinhos, mostramos a paisagem para ela e claro, tiramos fotos lindíssimas! Foi uma delícia de fim de tarde!

Um dosmelhores passeios de Nova York! Incrível!

A Brooklyn Bridge é um passeio incrível para se fazer em Nova York com um bebê!

A Nicole amou tanto o passeio que foi esse o dia  que ela chegou mais cansada no hotel e dormiu melhor a noite. Santa Brooklyn Bridge! haha 😀

Olha que charme a mini-viajante divando na Brooklyn Bridge!

Olha que charme a mini-viajante divando na Brooklyn Bridge!

Esses foram os passeios que eu notei uma maior participação da Nicole, sem que ela tivesse que ficar tanto tempo sentada no carrinho. Nova York tem muitas atrações interessantes e claro, dá para aproveitar também com nossos bebês. Mostrei tudo no snapchat gi-vpeuropa. Adiciona lá para não perder as nossas próximas aventuras!

Curta a nossa página no Facebook e siga o nosso Instagram (@viajarpelaeuropa) porque ainda vem mais dicas quentes da cidade por aí!

E agora me conta, qual o seu passeio preferido para se fazer em Nova York com um bebê?

See you!


  • 0

Nova York com bebê de um ano

Tags : 

Na nossa viagem para Nova York uma das minhas maiores preocupações era encontrar atividades que pudessem ser interessantes para a Nicole. Isso porque um bebê de um ano tem muita energia, já não é aquele serzinho quieto que fica deitado no carrinho e dorme várias vezes ao dia. Viajar com um  bebê de um ano requer muita preparação e cuidado na escolha das atividades para que a criança também aproveite a viagem.

Times Square - Nova York

Se você mamãe está lendo esse post em busca de uma resposta para a pergunta: devo viajar para Nova York com um bebê de um ano; a resposta é definitivamente SIM! E você está no caminho certo, buscar informações e organizar todos os detalhes da viagem é o primeiro passo para o sucesso dessa aventura.

Nova York tem atividades que agrada pessoas de todas os estilos, gostos e idades, por isso tem muita coisa para se fazer por lá com bebê também. Aqui eu vou dividir como vocês alguns pontos que achei essenciais para aproveitar melhor essa cidade tão grande com um bebê pequeno! 😉

Hospedagem

Encontrar hotel em Nova York é uma tarefa complicada. Muita oferta e preços altos, por isso esse deve ser o ítem que você deve gastar mais tempo na programação da viagem.

Vou escrever um post com dicas de hospedagem em breve (a Nicole não me deixa escrever todas as dicas em um dia! Rs). Mas para quem vai viajar com um bebê de um ano para Nova York acho essencial escolher um lugar espaçoso e bem localizado. Já posso adiantar que nos hospedamos em 2 hotéis, o World Center Hotel e o Skyline Hotel, cada um em um lado de Manhattan.

Essa era a vista do nosso quarto no One World Center Hotel de Nova York.

Essa era a vista do nosso quarto no One World Center Hotel de Nova York.

Se você está procurando seu hotel em Nova York leia reviews do booking.com ou hotels.com e veja o que as outras pessoas dizem sobre o local. Selecione hotéis que as pessoas comentem bem sobre o tamanho do quarto. Uma outra opção também é alugar um apartamento através do airbnb.com.

Essa dica da hospedagem vale ouro, tá? Por mais que você faça várias atividades apropriadas para bebês de um ano em Nova York, seu filho(a) vai ficar muito tempo no carrinho, isso porque a cidade é enorme e você vai levar muito tempo em deslocamentos, não tem como fugir disso.

Suite do One World Center Hotel de Nova York - Espaço ideal para famílias! :D Foto: Divulgação One World Center Hotel

Suite do One World Center Hotel de Nova York – Espaço ideal para famílias! 😀 Foto: Divulgação World Center Hotel.

Vocês não fazem ideia do quanto foi bom ter espaço para a Nicole liberar sua energia no quarto do hotel!

Transporte

O metrô de Nova York é muito confuso, e na maioria das estações (pelo menos as que eu passei), não tinha elevador. Você vai subir muitas escadas carregando o carrinho, por isso o melhor é investir um pouco mais na hospedagem e evitar andar de metro o máximo possível.

Pegar ônibus em Nova York com carrinho de bebê também é uma tarefa complicada. Isso porque você vai ter que fechar o carrinho toda vez que entrar nesse transporte. Invista em uma hospedagem localizada próxima aos pontos que pretende visitar. E lembre, você ainda vai me agradecer por essa dica! 😀

Taxi Nova York

Do aeroporto para o centro de Nova York

Definitivamente considere pegar um Taxi (ou Uber)  tanto na ida quanto na volta. O aeroporto é super confuso, o transfer “Airport Shuttle” para no meio da rua, não é seguro carregar o seu bebê no colo, e você vai ter que desmonstar o carrinho e eles não têm cadeirinha de bebê. Sem contar que o motorista dirige loucamente no meio do trânsito de Nova York. Eu não achei seguro e não iria novamente! Melhor investir em segurança…

Alimentação

Por mais que você não goste de fast food esse é um ítem que não tem come fugir em Nova York. Você vai se render a um bom hamburguer algumas vezes durante a viagem. Por isso leve comida pronta para que seu bebê não tenha que comer “besteiras” durante os passeios. Eu sou muito exigente com alimentação até para mim e prefiro que minha pequena-viajante se alimente de forma saudável em qualquer circunstância.

Hamburguer Nova York

Aqui na Suécia temos várias opções de comidinhas prontas e eu sempre levo daqui várias opções para nossas viagens. Eu sei que a maioria dos lugares não tem, então eu sempre levo as papinhas que a minha pequena-viajante já está acostumada.

No supermercado Whole Foods de Nova York tem várias opções de smoothies de frutas para bebês. Os produtos são ótimos e ecológicos mas não tem opção de “comida” mesmo.  Compre os smoothies de frutas porque eu até encontrei alguns sabores de legumes e comprei um para experimentar. O negício era horrível!

Comidinhas para bebê de um ano que sempre levo nas viagens!

Comidinhas para bebê de um ano que sempre levo nas viagens!

Essas foram as dicas de Nova York com bebê de um ano. Agora siga nossa página no Facebook e o nosso Instagram (@viajarpelaeuropa) porque vamos postar mais dicas sobre Nova York com bebê de um ano em breve!

Será que a Nicole amou Nova York?

Será que a Nicole amou Nova York?

Gostou das dicas? Comenta vai!

Procurando hotel em Nova York? Recomendamos o site hotels.com.


  • 0

Melhores lugares para ver Nova York do alto – Parte 1

Tags : 

Quem acompanha o Instagram do Blog Viajar pela Europa (@viajarpelaeuropa – segue lá você também! 😉 ) sabe que fizemos uma viagem incrível de uma semana em Nova York!

E e o Daniel amamos cada passeios que fizemos pela encantadora Nova York!

E e o Daniel amamos cada passeios que fizemos pela encantadora Nova York!

 Amei conhecer a ‘Big Apple’ e toda aquela confusão de carros, barulho e os gigantescos arranha-céus que nos fazem andar quase sempre olhando para o alto.

A Nicole também amou conhecer Nova York!

A Nicole também amou conhecer Nova York!

Confesso que a ótima experiência dessa viagem foi pelo fato de ter pesquisado bem sobre os melhores lugares para ver Nova York do alto, visitas essenciais para ter uma perspectiva mais real da dimensão da cidade!

São tantas as opções que é preciso ir aos lugares certos para investir melhor os nossos “obaminhas” (rs). Porque em época de cotação do dólar tão alto quanto os prédios da cidade é preciso fazer as melhores escolhas para ver NY do alto, concordam?

A vista do One World Observatory para Nova York é incrível!

A vista do One World Observatory para Nova York é incrível!

One World Trade Center

Um dos locais que fazia parte da minha lista de “melhores lugares para ver Nova York do alto” era o recém-inaugurado One World Trade Center (OWTC), um dos edifícios construídos para ocupar o lugar das Torres Gêmeas.

O arranha-céu de 104 andares é um ousado projeto de arquitetura, desenvolvido pela empresa BIG – Bjarke Ingels Group, com sede em Nova Iorque e Copenhagen, que tem um grupo de arquitetos, designers e pensadores que operam nas áreas de arquitetura, urbanismo, investigação e desenvolvimento urbano.

O One World Trade Center foi aberto ao público em Maio de 2015 e é atualmente o maior edifício do Mundo Ocidental.

One World Trade Center, o maior edifício de Nova York :D

One World Trade Center, o maior edifício de Nova York 😀

O One World Observatory está localizado no 102º andar do OWTC, é o local do prédio que fica aberto para visitação do público e é uma espaço em 360 graus.

Dá para ver a cidade inteira e vários monumentos e prédios famosos como: a Estátua da Liberdade, a Brooklyn Bridge e o Empire State Building. A entrada para o One World Observatory de Nova York tem o valor à partir de U$32 (cerca de R$124,00).

Brooklyn Bridge vista do One World Observaty! Uma das vistas mais lindas de Nova York!

Brooklyn Bridge vista do One World Observaty! Uma das vistas mais lindas de Nova York!

Enquanto não compartilho a lista completa de todos “os melhores lugares para “Visitar Nova York do alto” (não vou entregar todo o ouro de bandeja ainda – ahaha ) assista o vídeo e veja uma das vistas mais lindas da cidade!

E inscreva-se no canal do Viajar pela Europa no Youtube porque ainda vai ter mais vídeos incríveis dessa viagem em família para Nova York 😀

Aperte o Play e Viaje Comigo!


Gostou da vista incrível? Comenta vai!

Leia também: O que visitar em Las Vegas.


Viajar pela Europa no Facebook

Hotéis

Booking.com

Instagram

Gisele Almeida em O mundo segundo os brasileiros

Receba nossas dicas imperdíveis para a sua viagem

Promotion 468x60 468x60_reload-V2
Close